A “Casa” vai Cair

Pessoal,

Após reunião com a minha assessoria jurídica, decidi tomar medidas institucionais – como parlamentar – e pessoais, como pessoa física que se sentiu atingido.

Na esfera institucional, fiz meu discurso hoje no plenário (vídeo abaixo) para arregimentar colegas para a luta, farei o encaminhamento amanhã mesmo ao Ministério Público pedindo providências e ainda criarei a moção de repúdio da cidade ao programa.

Além disso, na esfera pessoal, meus advogados já estão montando o meu processo que entrarei no juizado de pequenas causas por danos morais. Em reunião com diversas mães de crianças com deficientes hoje, soube que também querem cópia do meu processo e irão entrar também, individualmente, e ainda trarão outras mães que se sentiram moralmente atingidas, feridas, por este absurdo. É isso mesmo! O povo tem que se levantar e lutar! Uma chuva de ações vai fazer com que entendam a gravidade da situação.

A diretoria da MTV publicou em seu blog hoje uma nota de desculpas, que segue: “É de total responsabilidade da MTV a exibição da esquete “Casa dos Autistas”, veiculada no dia 22/03/2011 no programa Comédia MTV. Todo o elenco do programa, assim como sua equipe de roteiristas e produção, são contratados da emissora e a ela prestam serviço, inclusive o humorista Marcelo Adnet, que vem sendo apontado por alguns como único responsável pelo conteúdo do programa. A MTV Brasil entende que a esquete “Casa dos autistas” ultrapassou limites aceitáveis do humor. Portanto, pedimos desculpas a quem quer que tenha se sentido ofendido pelo conteúdo exibido. Já estamos articulando possíveis ações conjuntas com associações ligadas ao autismo para dar ao assunto o devido encaminhamento. A MTV reforça ainda que, independentemente desse episódio, ao longo dos últimos 20 anos a emissora vem defendendo a inserção social de pessoas com deficiência de maneira séria e informativa.”.

É importante notar, contudo, que o grave dano já foi feito e está piorando a cada momento. Não falo só da forma com que ofendeu e escandalizou as mães e pais. Mas imaginem vocês, e agora falo como presidente da comissão de educação e cultura, que tanto luta para acabar com o preconceito nas escolas contra crianças com deficiência, quantos jovens – público alvo da MTV – vão fazer imitações, bullying contra os autistas, os “down” etc?

Tirar o programa do ar é uma urgência, e além disso há que se preocupar com a forma viral com que o vídeo está sendo perpetuado na Internet. Tem que ser removido também do Youtube, por exemplo. E aí, só a justiça poderá oficiar.

E, além de tudo isso, pagar por um erro grave deste é necessário, e lutaremos por isso.

Abraços,
Paulo Messina

Marcado:, ,

6 pensamentos sobre “A “Casa” vai Cair

  1. Sandra Domingues sábado, 30 abril 2011, 4:55 PM às 4:55 PM

    É lamentável ver o descaso e deboxe dos artistas da MTV com essas pessoas especiais e pra lá de especiais…eu mesma tenho o privilégio de conhecer algumas delas e as amo de paixão e como amiga das famílias, conhecedora da luta delas e mais como ser humano não poderia também deixar de expressar a minha indignação e repudio pelo programa exibido pela MTV.

    Num mês onde foram feitas várias ações de conscientização e lindos gestos de solidariedade aos autistas essa atitude da MTV foi repulsiva e de tremendo mau gosto.

  2. Ana Maria domingo, 1 maio 2011, 12:16 PM às 12:16 PM

    A casa do autista
    CASA DO AUTISTA
    Eu me pergunto a cada momento

    Em que mundo nós vivemos.
    Onde fazer escárnio da deficiência do outro
    É engraçado…
    Onde ganhar dinheiro a qualquer custo
    É invadir a credibilidade do outro.

    Por que:

    Na casa do autista, há ingenuidade.
    Na casa do autista há um jardim de tulipas
    Na casa do autista há seres mágicos.
    Luzes de estrelas, pureza de luas.

    Na casa do autista, poucos saberão entrar
    Para tanto precisarão limpar as mazelas internas.
    Para tanto precisarão amar os diferentes.

    Às vezes eu olho a minha volta
    E só vejo vazio em cada olhar
    Em cada ato, em cada risada sarcástica
    Como se o outro fosse seu próprio espelho
    Sim eu vejo no outro
    Meu próprio reflexo torto.
    A perfeição quando é de alma
    E está arraigada em nossos autistas.

    Às vezes eu me pergunto
    Para que eu trabalho tanto
    Para inserir meu filho nessa sociedade
    Mas que sociedade é essa?
    Que se pudesse o mastigaria
    Engoliria e depois vomitaria fora.

    Às vezes a dor é tanta
    Que eu preferiria…
    No mundo dele me refugiar.
    Ficar ali com ele, salvos da maldade.

    Essa é a humanidade desumana
    Que se avoluma no mundo.
    Vamos matar por matar
    Vamos ferir por ferir

    O que temos a perder?
    Meu filho nem sabe
    Que as pessoas o acham
    Mera peça defeituosa passível de zombaria.

    Meu filho é puro.
    Que caiu nessa terra Arida
    Para aprender e ensinar
    Que o maior valor da vida
    É amar o seu próximo.

    Autora
    Liê Ribeiro
    Mãe de um rapaz autista.
    Blog Poesia em Gotas

  3. Berenice Piana domingo, 1 maio 2011, 3:26 PM às 3:26 PM

    Parabéns vereador Paulo Messina, seu pronuciamento nos enche de esperança e consolo.
    Não dá pra se calar em nome da “liberdade de expressão”, em nome do “humor”…
    O que foi ao ar pela MTV foi de uma grosseria sem tamanho!! Tem mais, um crítico chamado Ale Rocha vem defendendo o programa e dizendo que o pedido de desculpas da emissora é um absurdo! Tudo em nome da “liberdade de expressão”, dizendo ainda que para o humor não há limites. Como se não bastasse tudo que já passamos nos últimos dias ainda tem esse indivíduo para escarnecer mais um pouco…
    Pelo menos nos restou o conforto de pronunciamentos como o seu, pela bravura com que defende nossos autistas.
    Parabéns e obrigada!!!

  4. Ana Maria terça-feira, 3 maio 2011, 10:30 AM às 10:30 AM

    Vereador!
    Minha ação e de algumas amigas, foi rejeitada no Pequenas Causas, alegaram que os atingidos foram os menores ,portanto, não compete ao Juizado. Então, entramos agora no Forum Civel. Portanto ,quem quiser entrar, provavelmente tb sofrerá a rejeição.Então, procurem ou advogado particular ou a Defensoria para entrar com processo no Forum.

  5. Mauricio Medeiros quinta-feira, 5 maio 2011, 11:22 AM às 11:22 AM

    Não tenho nenhum familiar autista;não sou ativista de direitos humanos,tampouco ocupo ou almejo qualquer cargo político,mas acho triste que a falta de imaginação de alguns pseudo-artistas nos proporcione tal dissabor. Acho que todos que lutaram pela abertura da imprensa e a liberdade de expressar sua opinião durante a ditadura repressora, esperavam apenas ter o direito de disseminar a informação completa,certa e direta,sem sofrer cortes da censura. Se estou errado,peço que algum historiador ou até “jornalista”(desde que não seja colaborador da mtv),me mande um e-mail explicando que a real intenção era exercer o direito de fazer graça,sem graça. Bom senso é algo que uns tem, outros não,e tendo em vista o padrão de outros quadros já exibidos neste mesmo programa,tenho certeza que na reunião de pauta, ou quem sabe no barzinho,eles acharam uma idéia muuuuito engraçada. Lamentável pensar que até pouco tempo atrás o jornalismo era uma profissão séria. Vão dizer que é rabugice,mau humor e até ignorancia de minha parte,mas acho que o humorista tem a obrigação de entender a diferenca entre ser engraçado e bobo. Para os que não sabem,vou tentar explicar: Engraçado é quem faz as pessoas rirem com ele,por ele e até dele; Bobo é o indivíduo que se acha muito engraçado,ri de todas suas piadas,mas não diverte,pelo contrário tem o dom inato da incoveniência. Enfim acho que qualquer crítica é justa e até mínima em relação a esse fato. E pedir desculpas é inútil,o ideal era estudar outras possibilidades de fazer rir,o que não é tão difícil,afinal agora temos Tiririca e Romário em Brasília. Por favor Adnet,procure um redator melhor,ou então pare de escrever piadas.

  6. Ana Maria quarta-feira, 11 maio 2011, 5:27 PM às 5:27 PM

    Queria avisar ao Vereador e à todos que hoje entrei com minha ação no Forum Civel.Infelizmente no Juizado de Pequenas Causas não foi aceita a ação, então, tive que partir para o Forum Civel mesmo.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: