Meias Verdades sobre Relação de Cabral e Empresários

Pessoal,

É importante notar que a triste tragédia da queda do helicóptero na Bahia acabou revelando um sem número de irregularidades. Chamou minha atenção, em especial, o caso da Delta Engenharia, empreiteira que tem contratos milionários tanto com a Prefeitura quanto o Governo do Estado, ter também uma parcela considerável de contratos sem licitação. É isso mesmo, tudo por justificativa de obras de emergência. A entrevista abaixo é com o líder do governo, deputado André Corrêa (PPS como líder do governo Cabral??? Como assim??? Não eram base de apoio do Gabeira na última eleição??? Tudo bem, deixemos esse assunto para outro post).

(Fonte: RJTV 2a Edição)

É mentira. Duas vezes. Primeiro quando diz que foi tudo com licitação. Não foi. 25% dos contratos da Delta com o governo foram feitos SEM licitação por ter sido supostamente serviço emergencial, segundo fonte do Globo. Ainda esqueceu de dizer que antes do Cabral ser governador, já foi Senador e Presidente da Alerj. Outro detalhe: Eike está fazendo “investimentos aqui”, mas com consideráveis isenções fiscais que somam quase 100 milhões de reais, fora a licença em tempo recorde do Porto do Açu. Daí vemos o seguinte vídeo, divulgando a nota sobre o empréstimo do Jato:

 (Fonte: RJTV 2a Edição)

Também meia verdade. Decerto que não tem contrato de prestação de serviços com o Governo diretamente, mas este liberou as empresas de Eike de pagamento de impostos em valores milionários. O dinheiro “do próprio bolso” do contribuinte que deixou de arrecadar para o estado.

Notem que ambos os empresários doaram importantes somas para as campanhas eleitorais de Cabral. A Delta, mais de um milhão de reais. Para disfarçar, não doou diretamente ao Cabral e sim ao seu Partido, o PMDB. Já Eike o fez diretamente a Cabral, candidato individual a quem mais doou dinheiro – 750 mil reais.

Talvez de fato o princípio da legalidade não esteja sendo ferido, mas certamente o da moralidade está. Mas em relação aos serviços da Delta, merece mais investigação. As obras do Maracanã, por exemplo, já denunciadas irregularidades do Tribunal de Contas, tem a Delta como parte do consórcio. Levantarei os dados na minha alçada municipal, entrando com requerimento de informações já na próxima terça-feira, 28/06, em plenário. Vou querer saber todos os contrato que a Delta tem com a prefeitura, principalmente todos os feitos sem licitação pela justificativa de urgência. O poder executivo é obrigado por lei a responder o requerimento do legislativo no prazo legal de 30 dias, prorrogáveis por no máximo mais 30. Vamos ver.

Abraços,
Paulo Messina

Marcado:

%d blogueiros gostam disto: