Biometria: O Avanço agora é Oficial!

Pessoal,

Para um Páscoa mais feliz, uma super vitória! Conseguimos a oficialização de nossa proposta que dispensa a Biometria para quem já tem matrícula no município.

RELEMBRE O CASO AQUI.

Abaixo, o decreto já publicado, que já está valendo!

Obrigado pela confiança, pessoal!

Abraços,
Paulo Messina
———–
 35.390 de 3 de abril de 2.012
DECRETO Nº 35390 DE 3 DE ABRIL DE 2012  
 
Dispõe sobre Exame Médico Admissional para candidatos a ingresso no Serviço Público Municipal e dá outras providências.
O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais e,
DECRETA:
Art. 1º Desde que já sejam servidores em atividade, os candidatos ao ingresso no Serviço Público Municipal ficam dispensados do exame médico admissional para cargos que tenham sido aprovados, inclusive nas hipóteses de acumulação permitidas por lei.
 § 1º. A realização do exame médico admissional é obrigatória para os candidatos que nos últimos 5 (cinco) anos:
 a) foram readaptados;
 b) tenham, em algum momento, exercido suas atividades com carga horária reduzida;
 c) tenham obtido licença médica no período citado no Parágrafo acima, inclusive nos hipóteses previstas nos incisos IX e XIII do artigo 64 da Lei n.º 94, de 14 de março de 1979, excetuados os casos descritos na Lei Complementar n.º 88, de 14 de maio de 2008.
 § 2º. A realização do exame médico também será exigida para admissão em cargo cujas atribuições envolvam atividades que sejam reconhecidamente exercidas em condições de risco, periculosidade ou insalubridade ou para cargo que apresente condições de penosidade comprovadamente superiores àquele anteriormente exercido.
 Art. 2º Os exames dos portadores de deficiência física serão realizados de acordo com a legislação pertinente, aplicando-se, no que couber, as disposições deste Decreto.
 Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
 Rio de Janeiro, 3 de abril de 2012; 448º ano da fundação da Cidade;
 EDUARDO PAES

Marcado:

45 pensamentos sobre “Biometria: O Avanço agora é Oficial!

  1. Fernanda P. Lopes quinta-feira, 5 abril 2012, 7:53 AM às 7:53 AM

    Isso só vale pra quem tem matrícula no município? Eu tenho uma no Estado, e fui considerada INAPTA na Biometria do município dia 30/03. Tenho que recorrer agora…

    Esse decreto não se aplica no meu caso né?

    • Paulo Messina quinta-feira, 5 abril 2012, 11:32 AM às 11:32 AM

      Fernanda, infelizmente sim, só para município. Mas faremos um dia de atendimento para todos os outros casos, aguarde nova publicação nossa! Abraços

    • Paulo Messina quinta-feira, 5 abril 2012, 11:33 AM às 11:33 AM

      E sim, independente disso, faça o recurso administrativo!

  2. ritaac quinta-feira, 5 abril 2012, 9:22 AM às 9:22 AM

    Quem já foi considerado inapto mesmo com uma matrícula e sem histórico de licença médica, pode recorrer judicialmente?

    • Elizabeth dos Santos Macabú quinta-feira, 5 abril 2012, 9:36 AM às 9:36 AM

      Bom dia,
      Você pode recorrer judicialmente sim, pois estou nesta situação. Recorri ao SEPE e meu processo já está no final do julgamento. Atenciosamente, Elizabeth.

    • Paulo Messina quinta-feira, 5 abril 2012, 11:32 AM às 11:32 AM

      Rita, ainda cabe recurso administrativo? Se sim, faça-o citando o decreto!

    • Janete quinta-feira, 5 abril 2012, 5:27 PM às 5:27 PM

      Sr. Paulo Messina…recentemente lhe enviei um email relatando a decisão da Perícia em colocar-me inapta. Estive semana passada na prefeitura e tomei ciência da decisão. Agora, me pediram para aguardar, a resposta da Perícia para recebimento do laudo, explicando os motivos da inaptdão. No meu caso, como posso proceder, para conquistar minha vaga??? Como assim, sem histórico de licença médica??? Pois, eu já tirei licença para mim, e para a cirurgia da minha filha que é Especial. Por favor, me esclareça. Desde já agradeço-lhe..Janete França!

  3. Elizabeth dos Santos Macabú quinta-feira, 5 abril 2012, 9:29 AM às 9:29 AM

    Vereador, fiquei muito feliz por este decreto, já que foi uma solicitação nossa atendida pelo vereador que nos ouviu. Mas, no ítem que diz que estão de fora deste decreto os funcionários que tiverem obtido licenças médicas no período de 5 anos, deixa a maioria de fora. Uma licença médica é algo normal, pois somos seres humanos e ficamos doentes. Não necessariamente uma doença que nos impeça de trabalhar como professores ou outra profissão qualquer. Apenas algo que nos afasta temporariamente do serviço, como em qualquer profissão. Dou um exemplo como uma pneumonia que tive há dois anos e me afastou alguns dias do serviço. Não teria como trabalhar, já que correria risco de vida, se ela se complicasse. Por este motivo, não acho justo este ítem, que continua impedindo a aprovação direta de diversos funcionários, como eu, que estão na ativa e trabalhando MUITO!!! Agradeço se puder interferir neste sentido. Atenciosamente, Elizabeth dos Santos Macabú (professora municipal do Rio de Janeiro).

    • Paulo Messina quinta-feira, 5 abril 2012, 11:55 AM às 11:55 AM

      Olá, professora! Faltas com dispensa por gripe ou algo simples não deverão contar pela nossa interpretação. A idéia é licença médica por motivo de doença crônica, a SMA num recurso – se for o caso – poderá julgar melhor assim. E licença maternidade, casamento etc, por exemplo, não contam. De qualquer maneira, vou levar o questionamento como que para especificar mais! Abraços!

      • Paula Oliveira segunda-feira, 9 abril 2012, 8:04 AM às 8:04 AM

        Convém lembrar que em 2009 tivemos vários casos de Gripe Suína, no período de junho a agosto/setembro! A Educação teve licença forçada de 2 semanas em agosto! Eu mesma fiquei doente, fiquei em casa 4 dias antes do recesso escolar! Estava tão mal, que nem forças para ir na biometria tive, acabei usando o benefício da licença pelo plano de saúde! E na lei, isso não está tão claro! Pelo contrário, na alínea c, está bem generalizado, de forma que seguindo ela, quando eu for chamada, terei que passar pelo exame médico. Detalhe, essa foi minha única licença em 6 anos!

  4. maria Fernanda Vernes de andrade quinta-feira, 5 abril 2012, 11:25 AM às 11:25 AM

    Vereador , fiquei tb muito feliz tambem com este avanço e informo que ja consegui tomar posse para PEI , ataalmente estou cedida para uma escola na CRE 2.1 , mas pertenço aCreche Municipal Raizes do Salgueiro 2.2 , mas para que isso acontecesse tive que postar uma queixa na Ouvidoria para a Gerencia de Pericias Médicas e com isso tive uma cardiologista na sala do peirto que analisou o meu exame e deu por cumprida a exigencia , ficando assim apta Continuemos trabalhando para que abusos não mais ocorram.
    Parabéns , Vereador

    • Paulo Messina quinta-feira, 5 abril 2012, 11:56 AM às 11:56 AM

      Obrigado professora, e parabéns pela posse!!! 🙂

  5. Kelly quinta-feira, 5 abril 2012, 12:42 PM às 12:42 PM

    Muito bom!!!Parabéns por mais essa vitória,Vereador!!
    Um abraço

  6. Olga Martins Wehb quinta-feira, 5 abril 2012, 1:36 PM às 1:36 PM

    Mais uma vitória Vereador Paulo Messina e todos que participaram com empenho desta luta!
    O Rio agradece!

  7. michelle lima quinta-feira, 5 abril 2012, 1:58 PM às 1:58 PM

    Vereador, eu gostaria de saber o porquê da não inclusão das religiões budista, judia e cristãs no edital de professor de ensino religioso da prefeitura, por esse edital também ficaram de fora outras denominações como as testemunhas de Jeová e os adventistas… gostaria de saber a posição da comissão de educação qto a isso.
    ..

  8. Denise Gomes quinta-feira, 5 abril 2012, 2:06 PM às 2:06 PM

    Fui considerada inapta para uma segunda matrícula no município. Já passei pelos 2 recursos a qual tinha direito sendo o último no dia 21/11 e recebi a resposta da inaptidão dia 05/02 . Ainda tenho chance de pegar a minha segunda matrícula depois desse decreto?

  9. Márcia Nunes quinta-feira, 5 abril 2012, 2:10 PM às 2:10 PM

    Eu sempre comento e vou comentar sempre, vc é um exemplo de prova de que quando um parlamentar quer fazer, faz. A Educação no RJ e seus profissionais tem muito a lhe agradecer, Paulo Messina.

  10. Paulo cesar de Souza quinta-feira, 5 abril 2012, 2:30 PM às 2:30 PM

    Parabéns senhores representante do povo, extremamente lógico, a incapacidade médica para cargo concorrido pelo servidor efetivado tem que ser provada com o decorrer do tempo em exercício e pela perícia médica.

  11. Paulo cesar de Souza quinta-feira, 5 abril 2012, 2:32 PM às 2:32 PM

    Parabéns senhores representante do povo, extremamcente lógico, a incapacidade médica para cargo concorrido pelo servidor efetivado tem que ser comprovada com o decorrer do tempo em exercício e pela perícia médica.

  12. Paulo cesar de Souza quinta-feira, 5 abril 2012, 2:38 PM às 2:38 PM

    Parabéns senhores representantes do povo, extremamente lógico, o cargo ou função, concorrido pelo servidor efetivo, este deve ter sua incapacidade biométrica comprovada com o decorrer do tempo em exercício pericialmente.

  13. Marlucy quinta-feira, 5 abril 2012, 2:56 PM às 2:56 PM

    Olá, boa tarde!
    Acabei de tomar conhecimento do DECRETO Nº 35390 DE 3 DE ABRIL DE 2012 . Portanto, gostaria de saber se um servidor com uma matrícula num determinado cargo (AAC), é também convocado para outro cargo (PEI) na mesma Secretaria não precisará passar pela biometria?

  14. Gleice Rubia quinta-feira, 5 abril 2012, 3:56 PM às 3:56 PM

    Messina, obrigada por saber ser nosso mediador. Porém, é necessário acertar essa questão das licenças que o servidor precisou tirar ao longo dos 5 últimos anos, pq, como disse uma amiga professora, o funcionário tb é ser humano e as vezes adoece. Será que pneumonia, dengue, gripe forte, crise de gastrite, conjutivite, por exemplo, vão fazer o servidor passar por todos os exames admissionais novamente, como: oftalmológico, fonoaudiológico, cardiológico, etc??? Por favor, interceda mais uma vez e deixe claro. Se ficar da forma como está, muita gente vai ter que passar pela perícia novamente. Tudo tem que estar no papel. No Decreto está de forma ampla e uma simples conjutivite pode fazer com que o servidor passe pela biometria.

  15. Monica Farias quinta-feira, 5 abril 2012, 7:26 PM às 7:26 PM

    Vereador parabéns pela conquista que se estende a todos nós! Fui considerada inapta pela segunda vez mesmo que no ultimo exame tenha obtido um laudo positivo pelo médico. Estive na prefeitura esta semana apenas para tomar ciencia da nova inaptidão e aguardo telefonema para passar por nova perícia. Como devo proceder a partir de agora?

  16. Ana Priscila quinta-feira, 5 abril 2012, 11:01 PM às 11:01 PM

    Olá vereador ! Gostaria de parabenizá-lo pela iniciativa que gerou o decreto Nº 35390 DE 3 DE ABRIL DE 2012 e tenho uma dúvida : fiquei inapta na primeira perícia e entrei com recurso e a nova perícia está marcada para maio .Já tenho matrícula , serei beneficiada pelo decreto, certo ? Como se dará este processo ?

  17. Marcela sexta-feira, 6 abril 2012, 2:14 AM às 2:14 AM

    Paulo Messina, lhe mandei um email lhe contando o meu caso. Entrei no município p/ 1 matrícula em 2008, sendo então considerada apta, sem nenhuma restrição. Agora em março fui chamada p/ assumir nova matrícula e então o médico da perícia, contrariando o laudo dado por um colega tbm médico, mas não da rede, me considerou inapta. Em primeiro lugar se o tal problema diagnosticado pelo perito existe, ele só pode ter sido adquirido em decorrência desses 3 anos de trabalho no município, pois eu fui considerada apta na 1 matrícula, em segundo lugar se a perícia não considera os laudos de médicos particulares pq então pede p/ fazermos, gastando nosso tempo e dinheiro? Não há mais nada que eu possa fazer além de entrar com novo recurso? Esse decreto não me ajuda em nada? E licença por conjuntivite? A exceção do decreto no que se refere a licença médica, o torna injusto! Ninguém fica doente porque quer! E além disso 2 médicos concordam com a sua licença: o seu médico particular e o da perícia, ambos acham necessário o afastamento. O professor muitas vezes já dá sangue, suor e lágrimas pelo seu trabalho, agora terá que dar a vida tbm? E trabalhar doente, até que aconteça algo pior, para que não perca seus direitos e nem venha a ser injustiçado…

  18. marta rosario sexta-feira, 6 abril 2012, 5:29 PM às 5:29 PM

    senhor vereador, no meu caso operei mioma a pouco tempo. Se eu passar para algum outro cargo terei que fazer todo o processo de biometria.
    desde já agradeço a sua luta por todos nós tenho certeza que muitas vitórias virão.

  19. denise teixeira sábado, 7 abril 2012, 11:27 AM às 11:27 AM

    Parabéns a todos nós que estivemos empenhada para a conclusão deste decreto e de ter como mediador o vereador Paulo Messina. Mas agora estamos aguardando as outras situações como de quem ainda não é servidor, mas passou pelas arbitrariedades da perícias com laudos e exames satisfatórios para exercer a função e foi considerada inapta como é o meu caso.
    Já lhe enviei um email e ainda não obtive resposta. Aguardo com a certeza de que serei atendida.
    Desde já agradeço.

  20. Enzo sábado, 7 abril 2012, 11:57 AM às 11:57 AM

    Vários candidatos ao cargo de Agente Educador ficaram inaptos na perícia, mesmo sem apresentar nenhuma enfermidade que os impossibilitassem ao trabalho.
    Sabemos do decreto que isenta os atuais servidores da prefeitura de passarem novamente por este setor que somente serve para humilhar e reprovar candidatos, pois os mesmos além de apesentarem os exames pedidos no edital, precisam levar mais exames, laudos, atestados que reiteram que não são possuidores de nenhuma doença que os impeça de trabalhar, mas os peritos não repeitam tais documentos carimbados e assinados por outros médicos, sendo assim, os candidatos que ainda não são servidores municipais estão sendo muito prejudicados, inclusive os Agentes Educadores, que deveriam estar atuando desde o ano passado.
    Inclusive candidatos que já foram servidores, demitidos ou não, estão com seu direito de assumirem ao cargo concursado desrespeitado por este setor arbitrário, pois estão dentro da lei, onde precisaram esperar 5 anos para um novo concurso, fazem inscrição, realizam as provas, passam com louvor e depois vem este setor arbitrário, conhecido como Biometria, inventa doenças que são comprovadamente inexistentes e barram o candidato de maneira torpe e arbitrária.
    Este é mais um caso que deveria ser avaliado pelo senhor, pois talvez assim, o candidatos que se encontram nesta situação, tenham seus direitos respeitados sem precisar solicitar ao judiciário, como vários outros estão fazendo.

  21. Juliana domingo, 8 abril 2012, 12:39 AM às 12:39 AM

    Boa noite vereador, Sou professora da rede na 1º matricula com posse em 22 de março/2011 e fui convocada para a segunda matricula em julho de 2011 no qual fui considerada inapta. Passei por 2 recursos e sendo o ultimo(realizado dia 14/02) sem resposta até o momento. Gostaria de saber se serei beneficiada por este decreto já que existe uma pequena distancia entre a 1º posse e a segunda chamada: Apenas 3 meses… Como devo proceder agora???

  22. Andréa maia gomes domingo, 8 abril 2012, 4:01 PM às 4:01 PM

    Vereador , boa Páscoa sou servidora publica há 10 anos e no dia 4 de Abril assinei a ciencia de ter sido considerada INAPTA pela biometria da prefeitura , quero saber se o decreto do dia 3 de Abril pode me fazer conseguir a minha tão sonhada segunda matrícula ?
    Desde já obrigada pela atenção

  23. claudio henrique da silva segunda-feira, 9 abril 2012, 10:29 PM às 10:29 PM

    Vereador, o prefeito estar querendo brincar com um projeto, que eu tenho a certeza que foi muito árduo e que dispensou muito esforço e entrega da sua parte. Fiquei estarrecido quando soube que o nosso querido prefeito é médico e que durante o período da gripe suina ele concedeu BIM para todos os servidores, se eu não estiver sendo muito pessimista ele vai querer transformar até os pontos facultativos em BIM, tudo para jogar no lixo tão grande conquista.

  24. Aline Fernandes Pacifico terça-feira, 10 abril 2012, 12:56 PM às 12:56 PM

    Boa tarde vereador, me encontro na mesma situação que as colegas descreveram. Sou professora da rede desde 2001 e fui considerada inapta neste concurso p PEI, gostaria de saber como abrir um processo administrativo citando o decreto, já que na prefeitura ñ souberam ( ou ñ quiseram) me informar! Outro porém é essa excessão dos 5 anos sem nenhuma licença, para o professor que trabalha todo dia , o dia todo, é praticamente impossível…. já tirei licenças curtas, por gripe, por exemplo, mas nenhuma por voz ( o que causou minha inaptidão). Desde já agradeço a sua atenção e espero retorno.

  25. Paula terça-feira, 10 abril 2012, 6:52 PM às 6:52 PM

    Boa noite vereador,em primeiro lugar parabéns por essa iniciativa,pois os profissionais da prefeitura,principalmente professores vêm sofrendo muitas injustiças por parte da perícia.
    Eu assim como os outros colegas, reforço, que não ter nenhuma licença em cinco anos é praticamente impossível,ainda mais trabalhando o dia inteiro e se expondo até a acidentes de trabalho e doenças contagiosas. Digo isso pq sou AAC faz quase 4 anos e tive uma unica licença por conjuntivite!!Assim como eu muitos colegas ,ou qse tds estão nessa situação e terão que passar pela perícia p mudar de cargo(PEI).
    Esperamos uma reformulação no decreto para que nosso direito esteja assegurado e que as imprudências da perícia cheguem ao fim!!
    Mais uma vez obrigada por td que tem feito pela educação!!!! atenciosamente Paula Mazan

  26. Ana Paula terça-feira, 10 abril 2012, 9:22 PM às 9:22 PM

    Boa noite vereador! Sou Agente auxiliar de creche ha 8 anos e neste concurso para PEI fui considerada inapta para trabahar como professora mas já exercendo exatamente a função de PEI, e não tenho nenhuma licença médica por causa da minha voz, e fui considerada inapta por causa da voz e ainda por peritos que não são especialistas em voz, fiz exame fora e com laudos de especialistas em voz, me dando aptidão para trabalhar em sala de aula. Gostaria de saber se tenho que entrar na justiça, pois tenho certeza que este decreto é um avanço, mas consultei um advogado ele me disse que ele esta muito vago, e também gostaria de saber do sr se o fato de eu ter pego redução de carga horária para cuidar da minha filha que é Autista me atrapalha?

  27. taniapinto quarta-feira, 11 abril 2012, 3:42 AM às 3:42 AM

    Paulo, gostaria de saber se voce pode fazer alguma coisa pelos professores cursistas do PROINFANTIL, uma vez que nos foi feita uma promessa e até agora nada foi feito.
    Voce pode nos ajudar?

  28. Biometria: Desdobramentos do Decreto – Parte I « Blog do Messina quarta-feira, 11 abril 2012, 8:46 AM às 8:46 AM

    […] a recente conquista do decreto 35.390 (relembre aqui), recebi várias dúvidas sobre como aplicá-lo e também sugestões importantes para […]

  29. Roseli sexta-feira, 13 abril 2012, 7:10 PM às 7:10 PM

    Boa noite, vereador! Hj fui a perícia (13/04) mesmo sabendo que não precisava passar por ela (já tenho matrícula), eles falam lá que esse decreto só vale para as convocações a partir de 04/04, resumindo, a fono disse que não tenho voz limpa, embora meus exames ok, logo fiquei inapta… e agora, quem irá me defender??????? Fui no RH da SME, e lá me informaram que esse desdobramento do decreto parte I, só irá valer quando publicado no D.O…. Nos socorre, os peritos e fonos estão nos boicotando com argumentos loucos, cavam problemas para nos prejudicar…. Vim de lá furiosa!!!!

  30. Roseli sexta-feira, 13 abril 2012, 7:19 PM às 7:19 PM

    Ah, esqueci de dizer que sou agente educadora, estes estão sendo barrados direto na biometria…. soube na minha escola hj, que houve uma reunião com SME, e que eles irão começar a reter gente na biometria (os que tem matrícula já) para não deixar buracos nas funções….. agora tu vê, estudamos para subir de cargo, melhorar e a prefeitura invés de incentivar o servidor, quer nos reter sem motivos… inventam doenças para nós…. olha, tô indignada!!!
    Eu inapta para PII hoje, a fono disse que minha voz não é limpa… com meus exames todos ok!
    Dá pra entender, vereador???????

  31. Adriana Barbosa da Silva Esteves. segunda-feira, 16 abril 2012, 5:01 PM às 5:01 PM

    Sou prof II e fui hoje 16/04/2012 a perícia médica para assumir uma segunda matrícula de Prof I para minha surpresa fui submetida a perícia mesmo após a publicação no D.O pois me disseram que eu já havia iniciado o processo, bem, fui considerada inapta pela fono que me mandou entrar com recurso mesmo eu não tendo nenhuma licença por voz ou por qualquer outro motivo. Gostaria de melhores explicações sobre a validade da lei. Obrigada desde já Adriana

  32. Aline Barros terça-feira, 17 abril 2012, 7:49 PM às 7:49 PM

    OLÁ QUERIDO VEREADOR! SOU A.A.C. E NO INÍCIO DE ABRIL ESTIVE NA PREFEITURA,POIS FUI CONVOCADA PARA A POSSE COMO PEI.SÓ TIVE 2 LICENÇAS:UMA DE 7 DIAS POR CONTRAIR NO TRABALHO MESMO UMA CONJUTIVITE E OUTRA PARA ACOMPANHAR MINHA FILHA ,MENOR,Q ESTAVA COM ESTOMATITE, POR 10 DIAS.MESMO COM O DECRETO ME MANDARAM PARA A PERÍCIA DIA 04/05.JÁ TENTEI FAZER A VIDEOESTROBOL 2 VEZES E NÃO CONSEGUI PELO REFLEXO NAUSEOSO MUITO INTENSO. AGORA O OTORRINO QUER ENFIAR NO MEU NARIZ!!!POR FAVOR, DR.PAULO ME SALVA!!!AJEITA ESSE DECRETO AÍ , DR.!ANTES DO DIA 03/05 , VALEU?RS…ABRAÇOS.ALINE DE BARROS.

  33. Biometria: Novos Desdobramentos – Parte II « Blog do Messina terça-feira, 24 abril 2012, 9:06 AM às 9:06 AM

    […] esta semana já poderemos contar com uma nova redação ao Decreto 35.390, especificando quais doenças se aplicam ao item (c) e não todas. Darei […]

  34. Roseli quinta-feira, 3 maio 2012, 10:43 PM às 10:43 PM

    Vereador, estive na Câmara hoje e vou aguardar seu empenho no assunto. Obrigada!

  35. Biometria – Solução do Decreto! « Blog do Messina domingo, 13 maio 2012, 3:40 PM às 3:40 PM

    […] publicado amanhã, 14/05, a solução para o decreto 35.390, de 3 de abril de […]

  36. Jennifer Souza segunda-feira, 21 maio 2012, 10:48 AM às 10:48 AM

    Bom dia, Vereador Paulo Messiana! Estou muito ansiosa, preocupada e aflita pois no dia 09 de junho farei minha primeira períca médica para posse de Prof. II da Prefeitura. Já realizei os exames que me solicitaram e no laudo do Otorrino constatou “FENDA EM AMPULHETA” e pediu que eu recorresse ao tratamento com uma fono, a partir daí meu sofrimento aumentou, porque não consigo tratamento gratuito tendo em vista que sou professora e só recebo 1 salário mínio de 622 reais (até choro quando falo nisso), me desespero e fico indignada com a inaptidão da maioria dos professores que são barrados por conta desse problema que é comum a todos nós. Estou de mãos atadas sem saber o que fazer no dia, estou correndo em busca de médicos especializados e goastaria de seu apoio e orientação sobre esta situação. Como você poderia me orientar para que no dia 09 de junho de 2012 (sábado) eu pudesse me apresentar com mais segurança e menos aflita???? POR FAVOR ME AJUDE!!!

  37. Monica de Souza Carneiro sexta-feira, 13 julho 2012, 8:00 PM às 8:00 PM

    Mas é só comparecer no dia da posse, designada no telegrama, ou é necessário fazer um pedido de isenção?

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: