Agente Educador II: Evolução Necessária

Pessoal,

Há um ano, por volta deste horário, ocorria o massacre na Tasso da Silveira, onde um ex-aluno fez 12 vítimas fatais, todas crianças, além de alvejar várias outras, para depois suicidar-se quando perseguido pela polícia. Uma tragédia que ninguém esquece, inevitável pois foi realizada por um ex-aluno com livre acesso à escola, mas que também acelerou novas políticas de segurança da secretaria municipal de educação. Saiba mais neste post de 09/jun/2011. A chamada e posse de agentes educadores II (inspetores de alunos) foi uma vitória sofrida, vencendo a burocracia, e tranquilizando muitas famílias e crianças na cidade.

(quem não se lembra do Sr. Strickland, o Inspetor de Alunos mais famoso do cinema?)

Contudo, alguns problemas começaram a surgir. Como todo novo projeto que se põe em prática, os primeiros passos são de percalços e adequações. O primeiro foi a velocidade com que os agentes chegavam às escolas. O projeto original de ter um profissional por andar ficou prejudicado pois muitos foram retidos na biometria.

O próximo problema a aparecer foi a questão das férias. Em Janeiro/2012, enquanto todas as categorias que lidam diretamente com os alunos tiveram seu merecido descanso, os agentes educadores II permaneceram na escola, e tarefas administrativas lhes foram passadas para ajudar a diretoria. Tudo bem que em uma unidade escolar, como em qualquer outro ambiente profissional, a velha e tradicional estrutura piramidal e do “eu só faço isso” não cabe mais – exceto em quartéis das forças armadas. Mas por trás deste caso existe algo mais profundo e importante: O Agente Educador II é categorizado como apoio, e não tem direito às mesmas férias coletivas, quando deveria, já que trabalha diretamente com as crianças – que durante as férias, não estão na escola!

A situação se agravou na volta às aulas, quando a secretaria de educação precisou implantar mecanismos em busca do cumprimento da lei do 1/3 de planejamento para professores, que não ficam mais com as crianças nos intervalos. Inspetores então reclamam recebem de 90 a 120 crianças a cada 30 minutos, tendo que controlar o recreio, o refeitório, os banheiros, as escadas e outras dependências. Estão em quantidade insuficiente porque quando foram idealizados, tomariam conta dos corredores e acessos. O caso do 1/3 de planejamento veio depois. Em consulta à Undime, soubemos que a média nacional é cerca de 300 crianças para cada inspetor, mas as atribuições são bem diferentes das necessidades aqui em nossa cidade. Ter que cuidar de centenas de crianças correndo e espalhando-se pelas dependências da escola é uma tarefa não só mais intensa e estressante, mas preocupante: os alunos podem se machucar e, além disso, será sua responsabilidade.

Some-se isso ao fato que muitos não almoçam, pois se o fizerem, compensarão o tempo além das 8 horas diárias que já ficam nas escolas (total de 40 horas semanais). Com um salário apenas pouco maior que o mínimo, mais benefícios, o número de exonerações a pedido começa a assustar – e tende a aumentar. Uma excelente idéia e iniciativa da Secretaria de Municipal Educação que está ameaçada por conta desta nova variável (1/3 de planejamento de professores) e precisa sofrer adaptações urgentes.

As soluções não são tão complexas, mas é preciso celeridade: (1) Contratação de novos Agentes Educadores II, há suficientes no banco e 3 mil vagas totais em lei. Tudo bem que está na descrição do cargo o cuidar da criança nos intervalos, mas não se esperava que os professores não ficassem mais com os alunos durante o período; (2) Reorganização da carga horária, permitindo no mínimo intervalos de almoço e breve descanso, ou começaremos a ter licenças por problemas de saúde em pouco tempo; (3) Entrega de megafones ou microfones amplificados pois, ficar gritando em pátios atrás das crianças vai gerar também problemas de saúde; (4) Inclusão da categoria nas mesmas regras de férias coletivas das demais que trabalham diretamente com alunos.

Pensando sempre na segurança e bem estar de nossas crianças, as sugestões acima serão entregues à secretaria municipal de educação nesta semana, contando com sua compreensão de que o contexto original de trabalho dos AEII mudou radicalmente neste ano de 2012 e precisa de adequações urgentes.

Abraços,
Paulo Messina

Marcado:, ,

38 pensamentos sobre “Agente Educador II: Evolução Necessária

  1. Enzo sábado, 7 abril 2012, 11:54 AM às 11:54 AM

    Vários candidatos ao cargo de Agente Educador ficaram inaptos na perícia, mesmo sem apresentar nenhuma enfermidade que os impossibilitassem ao trabalho.
    Sabemos do decreto que isenta os atuais servidores da prefeitura de passarem novamente por este setor que somente serve para humilhar e reprovar candidatos, pois os mesmos além de apesentarem os exames pedidos no edital, precisam levar mais exames, laudos, atestados que reiteram que não são possuidores de nenhuma doença que os impeça de trabalhar, mas os peritos não repeitam tais documentos carimbados e assinados por outros médicos, sendo assim, os candidatos que ainda não são servidores municipais estão sendo muito prejudicados, inclusive os Agentes Educadores, que deveriam estar atuando desde o ano passado.
    Inclusive candidatos que já foram servidores, demitidos ou não, estão com seu direito de assumirem ao cargo concursado desrespeitado por este setor arbitrário, pois estão dentro da lei, onde precisaram esperar 5 anos para um novo concurso, fazem inscrição, realizam as provas, passam com louvor e depois vem este setor arbitrário, conhecido como Biometria, inventa doenças que são comprovadamente inexistentes e barram o candidato de maneira torpe e arbitrária.
    Este é mais um caso que deveria ser avaliado pelo senhor, pois talvez assim, o candidatos que se encontram nesta situação, tenham seus direitos respeitados sem precisar solicitar ao judiciário, como vários outros estão fazendo.

    • Rosilene sexta-feira, 25 maio 2012, 9:38 PM às 9:38 PM

      Estou trabalhando sozinha em uma escola de comunidade com mais de mil alunos está muito difícil e estou pensando em exoneração a minha garganta já esta comprometida e são 3 andares e particularmente o meu salário não vai substituir minhas cordas vocais e nem minha saúde que quando entrei ano passado era ótima, estou estressada e choro muito eu acho que é inicio de depressão .

  2. mariaeuzete da costa pequeno sábado, 7 abril 2012, 12:46 PM às 12:46 PM

    Muito bem! meu vereador PAULO MMESSINA não tenho lido os meus emails porque agora sou uma futura universitária é quem diria não é seu PAULO estou fazendo o cursinho pré-vestibular
    pretendo cursar letras na U.F.R.J. OU NA U.E.R.J. torça por mim seu paulo que sempre estarei tor
    cendo pelo senhor meu vereador gosto muito do seu proficionalismos e sua responsabilidade dedi
    cação e intresa com o futuro do nosso país!
    Dali meu vereador pra cima deles
    grande abraço beijos na família!!!!
    da amiga Maria Euzete Da Costa Pequeno!!!

  3. Eliane sábado, 7 abril 2012, 2:32 PM às 2:32 PM

    É isso ai, esta tudo corretíssimo, graças a Deus já foi dado o primeiro
    passo com certeza ao demonstrar apoi a nossa categoria e as demais, já
    vitoriosas em suas lutas.Eu apoio o vereador Paulo Messina, pois, tem
    mostrado interesse em ajudar.Obrigada Vereador pela iniciativa em abraçar nossa causa.

  4. Kaká sábado, 7 abril 2012, 5:54 PM às 5:54 PM

    O maior erro deste cargo está na remuneração. O Agente Educador é o profissional – com o perdão da expressão – que mais se ferra na escola. Eu sou Agente Educador e já estou a ponto de pedir exoneração. Queria o que senhor prefeito Eduardo Paes fosse passar um dia na função, de preferência em uma escola grande dentro de uma bela favela, com jovens de comportamento quase que insuportável.

  5. Ivete Aquino Da Silva sábado, 7 abril 2012, 7:08 PM às 7:08 PM

    Boa noite,concordo com o que o senhor escreveu.Passei no concurso de agente educador|| e estou esperando pela minha convocação,peço que o senhor dê uma força para que o prefeito convoque os agente educadores que passaram nesse último concurso.Um abraço e uma feliz Páscoa! Ivete

  6. Kelly sábado, 7 abril 2012, 9:01 PM às 9:01 PM

    Vereador,entrei a pouco na internet e fiquei muito feliz em ler essa postagem em seu Blog.
    Acredito mesmo na mudança e na valorização de nosso cargo,pois,como comentei na reunião,temos o receio de que o número de exonerações a pedido dificulte,ainda mais,a realização de nossas principais e mais importantes atribuições,já que existe uma sobrecarga muito grande.Acredito que,se essas medidas forem aceitas pela SME,trarão certa valorização ao cargo e,consequentemente,profissionais mais saudáveis fisíca e psicologicamente.

    Muito obrigada por seu empenho em melhorar a área de Educação de nosso município.
    É muito bom acreditar em um político.Traz esperança em meio a tudo o que vemos todos os dias.
    Principalmente,me faz lembrar do juramento cheio de idealismo que fiz em minha formatura,na faculdade,quando acreditei,de coração,que o caminho para o bem é a Educação.
    Já posso voltar a acreditar.

  7. Helo domingo, 8 abril 2012, 6:19 PM às 6:19 PM

    Realmente estamos sendo muito exigidos e mal temos tempo para almoçar ou jantar. Na minha escola só há um agente educador por turno, as crianças ( umas 500) correm muito, se machucam e a culpa sempre recai sobre nós. Além dos recreios e intervalos ainda tenho que fazer a saída dos alunos (mesmo tendo 2 porteiras no colégio), tirar xerox, ir a CRE, fazer marícula, pegar material no almoxarifado…etc…

  8. Jefferson terça-feira, 10 abril 2012, 6:32 PM às 6:32 PM

    Antes de fazer o meu pedido caro vereador, antecipadamente te gradeço pela ajuda que o senhor esta nos proporcionando. Sou agente educador, tenho 22 anos e pago algumas contas como todo bom cidadão de bem; mas o sálario proposto para nós agente educadores é muito baixo para nossas necessidades. Me colocarei como exemplo, gasto cerca de 425 reais mensais para pagar minha faculdade, e o que me sobra tento ajudar em casa para agar as contas e tento pagar algum lazer para mim. Porem a nossa realidade é apenas de 740 reais (620 reais já acrecidos dos 15% + passagem de 120 reais), o que penso é que nós que passamos neste concurso poderiamos receber mais, principalmente porque comprimos até funções que estão fora do nosso cargo (eu por exemplo ajudo na manutenção da informática e na secretaria); não estou me queixando pois gosto de ajudar à todos onde trabalho, mas comprimos um papel muito desgastante tanto fisicamente quanto pisicologicamente.

    O que suplico ao senhor, se for possivel, conseguir um aumento para todos nós. Pelo menos se recebecemos todo o mês sem incluir a passagem 850,00 reais já ajudaria.

    Também quero tirar uma dúvida sobre a lei

    Lei 1959
    LEI Nº 1.959*, DE 12 DE ABRIL DE 1993

    Cria, no âmbito exclusivo da Secretaria Municipal de Educação, a gratificação de Incentivo às Atividades Educacionais e dá outras providências.

    Autor: Poder Executivo

    Art. 1º – Fica criada, no âmbito exclusivo da Secretaria Municipal de Educação, a gratificação de Incentivo às Atividades Educacionais, atribuída aos servidores integrantes do Quadro do Magistério e Quadro de Pessoal de Apoio a Educação, previstos nos arts. 3º e 4º, da Lei 1.881/92, em efetivo exercício na sua respectiva estrutura.

    § 1º – A gratificação de que trata o caput, poderá ser também estendida a outros servidores municipais, integrantes de categorias de nível elementar e nível médio especializado, enquanto em efetivo exercício na Secretaria Municipal de Educação, nos valores e condições do regulamento específico, guardando o teto estabelecido no art. 3º.

    § 2º – A gratificação de que trata o caput também poderá ser estendida aos servidores integrantes do Quadro do Magistério e Quadro de Pessoal de Apoio à Educação em efetivo exercício na Secretaria Municipal de Cultura.

    Art. 2º – Fica estendida aos servidores aposentados ao Quadro do Magistério e do Quadro do Pessoal de Apoio à Educação, a gratificação de que trata esta Lei.

    Parágrafo Único – Aplica-se o disposto no caput aos servidores aposentados do Quadro do Magistério e do Quadro do Pessoal de Apoio à Educação em efetivo exercício na Secretaria Municipal de Cultura.

    Art. 3º – O valor de gratificação corresponderá a cinqüenta por cento do vencimento base e servirá de base de cálculo para o cômputo do adicional por tempo de serviço.

    Art. 4º – Os efeitos financeiros da aplicação da gratificação incidirão a partir do mês de março de 1993.

    Art. 5º – Não excederá de trinta por cento a qualquer momento a proporção de pessoal docente em desempenho de atividades fora de sala de aula.

    § 1º – O Poder Executivo terá cento e vinte dias, contados desta Lei, para implementar a proposição estabelecida neste artigo.

    Art. 6º – Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

    CESAR MAIA
    http://mail.camara.rj.gov.br/APL/Legislativos/contlei.nsf/c8aa0900025feef6032564ec0060dfff/2c652490d17d4a3f032576ac007335ad?OpenDocument

    nós temos direito a ela? se sim, como podemos solicitar seu acrescimo em nosso pagamento?
    se não, porque não podemos receber?

    Agradeço novamente sua atenção e ajuda a nós agentes educadores.

  9. Ana Paula terça-feira, 10 abril 2012, 10:09 PM às 10:09 PM

    Boa noite,sou agente educadora lotada em uma escola da zona sul ,que funciona em 3 turnos,que sofre com a falta de merendeiras,professores eagente educadores.Anossa escola tem 3 andares e 600 alunos em mèdia.Estamos com uma nova direção,que foi empossada em janeiro de 2012 e que está fazendo o possivel e o impossivel para cumprir as determinações da SME.
    Apesar do trabalho, a equipe tem se esforçado e abraçado a causa ,mas a verdade é que precisamos de mais profissionais para termos um trabalho de qualidade.

  10. Ana Paula quinta-feira, 12 abril 2012, 8:41 PM às 8:41 PM

    Alguém observou que no edital do concurso para secretario escolar,não consta a gratificação do pessoal de apoio? Será que não será pago para os novos servidores?

  11. Rita de Cassia de Menezes sexta-feira, 13 abril 2012, 8:16 AM às 8:16 AM

    Desde já agradeço seu empenho, agora sinto que algo pode mudar, e fico feliz em ter resistido até agora a permanente tentação de pedir exoneração.Gostaria de enriquecer seu texto com um detalhe muito importante, a falta de capacitação, ou mesmo alguns dias de treinamento aos recém chegados,não sei se isso é sonho, mas acredito que para um profissional desenvolver com qualidade e eficácia sua função é de suma importância estar bem esclarecido, questões como objetivo, visão, estratégias(é claro que quando existem).Até porque o cáos que está a educação “grita”, a necessidade de mudança de estratégia é fato, agora que estratégia seria essa, ela existe de fato?é importante que tenhamos um padrão, para alcançarmos a qualidade.E sinceramente agora posso crer que isso pode acontecer.

  12. LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA VELOZO sexta-feira, 13 abril 2012, 4:10 PM às 4:10 PM

    Parabéns por todo o seu empenho em prol dos funcionários da Prefeitura e dos que pleiteiam o desejo de se tornar um deles. Fiz o concurso para agente educador da 4ª CRE que é uma região de muita carência deste tipo de recurso humano e a última convocação foi em dezembro e está parada na classificação de nº 267. Sabemos que a rede abarca e necessita de um quantitativo muito maior, ainda que chamasse todo o banco não seria suficiente, mas daria um alívio para conter a situação das escolas da rede. Não basta colocar porteiros terceirizados que não podem abandonar a portaria, pois dentro da escola, o professor não tem condições de vigiar o que acontece com seus alunos fora da sala de aula principalmente sabendo-se que as turmas são lotadas, dependendo do grupamento há turminhas de 28 crianças da educação infantil abrigando a conta dos 25 mais dez por cento e turmas do fundamental com quase 40 alunos transitando pela escola. Considerando-se que são várias turmas, algumas escolas com pelo menos 10 em cada turno, com idas ao banheiro, beber água, recreio, precisa de gente para tomar conta destas crianças, mas com proficiência, com preparo, explorando o lado lúdico, didático,afinal somos agentes educadores e não carcereiros ou seguranças policiais de crianças. E pessoas que trabalham sufocadas, em nº reduzido, sem tempo sequer para comer, não conseguem um bom resultado. Por isto, tomara que o senhor consiga que todas as convocações sejam feitas logo para que a escola seja um lugar ideal para nossas crianças e de evolução e não de medo, tragédias e insegurança.

  13. esperança sábado, 14 abril 2012, 9:29 PM às 9:29 PM

    Prezado Messina,não é somente os agentes educadores que tem tido sua rotina de trabalho sobrecarregada.Nós AACs, também estamos novamente exercendo desvio de função,pois com a adequação á léi em relação ao tempo para que os PEIs realizem o planejamento,nós é que ficamos responsáveis pela turma.Sendo que não recebemos regência para tal.O professor(a) fica somente TRÊS HORAS com as crianças.O que adianta ter tanto tempo para planejar se os mesmos não tem tempo hábil para executar?Até quando nossa categoria vai sofrer com a indiferença das autoridades deste município e do ministério Público? Como trabalhar desenvolvendo e estimulando a identidade destas crianças,pelas quais somos responsáveis, se nós mesmos não sabemos a nossa como profissionais da educação do município do Rio de Janeiro?O que nos diferencia do PEI em sala de aula é o sálario e a carga horária, pois o comprometimento e as responsabilidades são as mesmas.Que bom que os olhos do Senhor está sobre todos! Com certeza Ele tem visto e ouvido o nosso clamor por justiça.Deus o abençoe juntamente com sua família.Que você possa ser o arauto de boas novas para estes mais de cinco mil injustiçados e suas famílias.

  14. eneidagreg@yahoo.com.br segunda-feira, 16 abril 2012, 5:16 PM às 5:16 PM

    Olá Deputado!!
    Além disso tudo seria muito bom incluir nesse projeto, a redução da carga horária dos agentes educadores, de 8 para 6 horas diárias, com isso certamente boa parte desses problemas diminuirão, pois não ficaremos tomando conta de dois recreios por dia, o que na minha opinião é quase impossível, passo porisso todos os dias e esá sendo muito difícil, sei que essa proposta já foi levantada por outras pessoas, mas eu gostaria muito de saber como anda essa questão da redução de carga horária. Obrigada!

  15. TATYBETA terça-feira, 17 abril 2012, 7:08 AM às 7:08 AM

    PARABÉNS VEREADOR,SUA ATITUDE CONOSCO MOSTRA TOTAL DEMOSTRAÇÃO DE RESPEITO A NÓS.SOU A UNICA AGENTE EDUCADORA EM UMA ESCOLA COM 260 CRIANÇAS TENHO QUE FICAR DE OLHO NO RECREIO,BANHEIRO E AINDA DAR A SAIDA.REALMENTE ACREDITO QUE A SOLUÇÃO SERIA A CONTRATAÇÃO DE MAIS UM AGENTE EDUCADOR EM ESCOLAS QUE SO POSSUI UM, ALEM DA ENTREGA DE MEGA FONES POIS NOSSA GARAGANTA NAO ESTA AGUENTANDO.OBRIGADA PELO SEU APOIO.

  16. Eliane Mendes da Silva terça-feira, 17 abril 2012, 12:25 PM às 12:25 PM

    Bom dia,Deputado, Fiz o último concurso para agente educador ll em 2010.
    Meu nome saiu na lista de aprovados,nº de inscrição é 675595, e até agora não sei ao certo se realmente passei.Pois sempre que entro no site só vi a convocação dos aprovados no concurso de 2006 a 2008.
    Será que ainda tenho chance de ser chamada? Eu ficaria muito feliz,pois esse ano entrarei na faculdade para fazer pedagogia.Conto com sua atenção,
    Desde já agradeço,boa sorte e obrigada.

  17. Marlon sábado, 28 abril 2012, 11:01 AM às 11:01 AM

    Sou AEII , concordo com o texto , entretanto , é fundamental para nossa satisfação e bem estar , ser MELHOR REMUNERADO ! Sim pq , receber salário mínimo pra ser um “faz tudo” da escola , é muita sacanagem !

  18. ALBERTO sábado, 28 abril 2012, 2:56 PM às 2:56 PM

    Olá Deputado!
    Parabenizo desde já sua atitude.
    Bom, trabalho numa boa escola no jacaré somos 3 agentes sendo que virá mais 1 em Outubro.
    Temos 2 projetos na escola um se chama “ACELERA” e o outro é GINÁSIO EXPERIMENTAL CARIOCA.
    Toda escola tem seus problemas isso eu acho normal e cada direção trabalha de uma maneira.
    A escola que trabalho não fica dentro da comunidade, mas minha pergunta seria….
    Porque não existe 1 carro da Guarda Municipal na porta de cada escola?
    Mas a Guarda Municipal aparece na escola onde trabalho?
    Sim, mas assina o livro de ocorrência e vai embora!
    Na escola onde trabalho são 280 alunos.
    E sempre tem uma briguinha de aluno na rua que acaba fazendo que vá alguns funcionários separar que vai desde a minha pessoa até a Diretora.
    Se tivesse um carro da Guarda Municipal na porta da escola de Realengo talvez tivesse intimidado o cara e ele não teria feito o que fez.
    Não precisamos esperar o ruim acontecer para tomarmos uma decisão e a Escola de Realengo foi um exemplo disso!
    Sobre o aumento de nosso salário eu apoio até porque fazemos coisas que parece até que somos da administração ou coisas desse tipo.
    Sobre a redução de nossa carga horária também apoio.
    No final do ano recebemos um cartão de ceia de Natal no valor de R$ 100 Reais. (piada).
    E o caso das férias no dia 10/05/2012 completo 1 ano como Agente Educador e já estou sabendo do erro da SME e aí como fico?
    Até porque o Prefeito tira férias normalmente e ainda pula Carnaval no Sambódromo!
    E outra meu Deputado eu entrei como Deficiente Auditivo sei que devo ter benefícios ou algo assim assegurado pela Prefeitura.
    Se tenho direito à algo como Funcionário Público deficiente Auditivo da Prefeitura gostaria que me desse essa luz até porque só o que encontro são pessoas querendo é não mostrar o brilho desta luz, agora porque eu não sei!
    E outra É super necessário que Agentes Educadores passem por cursos de reciclagem também porque recebemos agentes que nunca trabalharam com crianças eu mesmo trabalhava num mercado empilhando latinha eu fui treinado por uma merendeira que já esta aposentada ao meu ver até a portaria precisa passar por treinamento também.
    E outra é….
    Não somos apoio!
    Somos profissionais da SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO!
    Porque quando somos olhados só como APOIO (AGENTES EDUCADORES, MERENDEIRAS E AGENTES ADMINISTRATIVOS) sinto que não faço parte da SME e isso pode ser considerado como preconceito sim!
    Na escola onde trabalho a Diretora é maravilhosa, mas ela se refere a nossa esfera como ” meus funcionários”!
    Então quem seriam os professores?
    Os Professores, Diretora, Diretora Adjunta e Coordenadora também não são funcionários?
    Muitos agentes estão pedindo exoneração por vários motivos que vai desde perseguição até aqueles que deram sorte e foram chamados para outros cargos Públicos.
    Eu mesmo estou estudando para 2 ( Federal).
    É Deputado vai ter que ralar muito né?!
    Até porque a sou da 3ª Cre e na 3ª CRE são mais de 120 Escolas.
    Mas desde já uma boa sorte para o Sr Deputado.
    Alberto.

  19. Denise Lima quinta-feira, 3 maio 2012, 9:31 PM às 9:31 PM

    Ulustre Verador, o senhor tem a noção plena de que os AE’S e Aux. de creche recebem menos que o salário minimo vigente no país????Se a coisa continuar neste ritmo, tudo que a ilustre Secretaria de educação terá serão inúmeras páginas do DOM com exonerações, porque a gente tem que comer, pagar as contas, aluguel, estas coisinhas comuns aos cidadãos de bem, entende?Educar, cuidar, inspecionar é lindo, mas viver com dignidade também é, o senhor não acha??? Confio no seu trabalho! Denise(Agente educador)

  20. TATYBETA terça-feira, 15 maio 2012, 8:09 AM às 8:09 AM

    ola vereador!

    muito feliz com seu trabalho e luta pela solução na biometria,é de pessoas assim que o nosso país precisa.
    Gostaria de aproveitar para saber como anda o assunto sobre os AE? Ficou parado????
    abraços

  21. ROSANGELA MACHADO LOCOSELLI quarta-feira, 16 maio 2012, 6:21 PM às 6:21 PM

    VEREADOR,QUE O PROJETO NÃO FIQUE SOMENTE NO PAPEL MAS QUE NÓS POSSAMOS FAZER PARTE DAS MODIFICAÇÕES E VIVENCIA-LAS NO NOSSO COTIDIANO COMO A REDUÇAO DO HORARIO E O AUMENTO SIGNIFICATIVO GERANDO A EQUIDADE COM O SALARIO DE INSPETOR QUE NÃO É UM SALARIO MINIMO NÃO VOU LHE DIZER QUE ESTOU FELIZ POIS NÃO HOUVE NENHUMA MUDANÇA POIS FICAR SO EM PROMESSAS NÃO ADIANTA NESTE PONTO SOU UMA PESSOA MUITO PRÁTICA E DETERMINADA SONHOS SOMENTE PARA TER ESPERANÇA ESTAMOS NUMA REALIDADE MUITO CAÓTICA COM MUITAS RESPONSABILIDADES E EXIGENCIA DOS NOSSOS SUPERIORES E QUE NADA RECEBEMOS EM TROCA.

  22. anasamyn sábado, 26 maio 2012, 2:16 PM às 2:16 PM

    Boa tarde Vereador! Muito obrigada pelo seu apoio, fui uma das primeiras admitidas, estou lotada numa excelente escola onde sou ouvida e recebo total apoio de todos, incluindo profs e direção. Meu maior problema se refere á carga horária, ja q somos apenas duas agentes ativas, pq a terceira está em licença maternidade, para quase 800 adolescentes e sete especiais integrados e qd se aproxima meu horario de encerramento estou literalmente destruida, sendo q adoeci na ultima quinta feira mas ja retorno nesta segunda. Acredito q a redução da carga para 6 hs seria o melhor para todos. Lhe desejo muita saúde e sucesso em todos os sentidos.

  23. Paulo Roberto quinta-feira, 31 maio 2012, 9:06 AM às 9:06 AM

    Bom dia gente, concordo com que todos já postaram. Eu também estou aguardando convocação e estou achando um absurdo a prefeitura demorar tanto para publicar uma nova chamada. A mais ± 1 mês postei um twitter para a secretária Cláudia Costin e ela disse que estava sendo elaborada uma nova chamada, gente, já estamos no meio do ano e nada ainda, resolvi então mandar uns e-mails para as escolas da 1ª CRE que é pra onde me inscrevi, de 56 que enviei recebi 18 respostas (teve escolas que já enviei o e-mail 3 vezes e teve diretor que disse que quem pode dar essa informação é o GRH da CRE,ou seja, o cara não sabe se tá faltando Agente Educador na escola dele), destas 18 escolas metade está com o quadro completo e as outras está faltando um ou outro e algumas pasmem, NÃO TEM AGENTE EDUCADOR, ou seja, é uma tremenda falta de respeito com os alunos,com a comunidade e conosco que estamos aguardando essa covnocação.
    Gostaria de saber do ilustre Vereador se poderemos ter esperanças de sermos convocados ainda esse ano,pois pelo andar da carruagem vejo que só em 2013.
    Um grande abraço a todos.

  24. diogo sexta-feira, 20 julho 2012, 6:39 PM às 6:39 PM

    Referente a diminuição da carga horária e o aumento do salário para os agentes educadores como está ?
    Desde já agradeço !

    • TATYBETA quarta-feira, 1 agosto 2012, 7:02 AM às 7:02 AM

      GOSTARIA MUITO DE VER ISSO ACONTECER,ESTOU TRABALHANDO EM UM PERIODO CANSATIVO DEMAIS E SOU A UNICA EM MINHA ESCOLA

  25. Maria Fernanda Vernesde Andrade quarta-feira, 25 julho 2012, 11:22 AM às 11:22 AM

    Caro Messina ,
    Tenho uma amiga que fez o concurso para Agente Educador II para a 5ª CRE e ficou na 635º lugar mais o menos o Nome dela é Elaine Pinto Moreira a pergunta dela é : Vão zerar todo o banco ? Ela tem possibilidade de ser chamada ?

  26. Maria Fernanda Vernesde Andrade quarta-feira, 25 julho 2012, 11:41 AM às 11:41 AM

    a Escola Municipal Baptista Pereira atende crianças da EI até o 5º ano do Fundamental e pertence a CRe 2,2 Minha filha estuda lá , e não há nenhum agente educador na unidade minha filha já relatou brigas no corredor da unidade entre meninas de sua sala a turma dela é 1503 , já furtaram o aparelho celular de dentro de sua mochila que fica na sala de aula cuja porta não fica trancada quando o professor e os alunos saem para merenda e educação física a partir da 10 horas da manhã . quando aconteceu o furto , fui a escola , fiz um escandalo e disse que o aaprelho estava sendo monitorado pela policia , bloqueei-o e pasmem 15 dias depois o aparelho apareceu dentro da bolsa dela no mesmo lugar . Acho que deviam ter agentes educadores em todas as escolas pois não sabemos , infelizmente , que tipo de educação que as crianças recebem da familia , em sala , temos mais ou menos 35 crianças e um professor , a criança pede para ir ao banheiro e não tem nenhum agente para fiscalizar se essa criança vai ao banheiro ou não .quem garante se não tem alguem que entra nas salas vazias para mexer na bolsa do colega? A diretora e a coordenadora pedagogica me informaram que a escola não é responsavel pelos pertences dos alunos dentro do colegio , Eu já penso diferente acho que é sim se o bem estava dentro da mochila e não atirado em qualquer lugar do colégio é responsabilidade da escola sim . Não podemos revistar bolsas de crianças , pois é contra a Lei . mas podemos garantir a segurança e a ordem nos corredores e dependencias das escolas contratando profissionais para esse fim.

  27. Ivete aquino da Silva sexta-feira, 27 julho 2012, 12:17 PM às 12:17 PM

    Bom dia! Fiz o concurso para agente educador e ainda não fui chamada,o senhor acha que o prefeito irá chamar todos os aprovados no concurso? Desde já agradeço..Espero uma reposta do senhor.Um abraço.Ivete

    • TATYBETA quarta-feira, 1 agosto 2012, 7:01 AM às 7:01 AM

      INFELIZMENTE A FUNÇÃO DO AGENTE EDUCADOR ESSE ANO GRAÇAS A NOSSA SECRETARIA FOI DESVIADA PARA FICAR COM CRIANÇAS ENQUANTO PROFESSORES FAZEM PLANEJAMENTO,COM ISSO NOS FICAMOS DIRETO NOS RECREIOS PRESOS.LUTE MESMO PELOS SEUS DIREITOS.MESMO QUE CHEGUE UM AG NA ESCOLA DE SUA FILHA ESSA SERA A FUNÇÃO DELE.E QUANTO A RESPONSABILIDADE DOS PERTENCES NA ESCOLA A DIRETORA TEM RAZAO EXISTE LEI QUE AMPARE ISSO:
      Proibido o uso de celular e equipamentos eletrônicos nas aulas

      LEI n.° 4.734, de 04 de janeiro de 2008

      O Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro nos termos do art. 79, § 7.°, da Lei Orgânica do Município do Rio de Janeiro, de 5 de abril de 1990, não exercida a disposição do § 5.° do artigo acima, promulga a Lei n.° 4.734, de 4 de janeiro de 2008, oriunda do Projeto de Lei n.° 1107, de 2007, de autoria da Senhora Vereadora Pastora Márcia Teixeira.

      LEI n.° 4.734, de 04 de janeiro de 2008

      Proíbe a utilização de telefone celular e outros em sala de aula.

      Art. 1.° Fica proibido o uso de telefone celular, games, ipod, mp3, equipamento eletrônico e similar em sala de aula.

      Parágrafo único. Quando a aula for aplicada fora da sala específica, aplica-se o princípio desta Lei.

      Art. 2.° Fica compreendida como sala de aula todas as instituições de ensino, fundamental, médio e superior.

      Art. 3.° Deverá ser fixado em local de acesso e nas dependências da instituição educacional, nas salas de aula e nos locais onde ocorrem aulas, placas indicando a proibição.

      Parágrafo único. Na placa deverá constar o seguinte: “É PROIBIDO O USO DE APARELHO CELULAR E EQUIPAMENTO ELETRÔNICO DURANTE AS AULAS – LEI n.° 4.734, de 4 de janeiro de 2008”

      Art. 4.° Em caso de menor de idade, deverão os pais serem comunicados pela direção do estabelecimento de ensino.

      Art. 5.° Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

      Câmara Municipal do Rio de Janeiro, em 04 de janeiro de 2008

      Vereador ALOISIO FREITAS

      D.O.RIO de 22.01.2008

  28. douglas terça-feira, 31 julho 2012, 8:06 PM às 8:06 PM

    Nossa alguém já teve alguma dúvida sobre a atribuição de um Ag. Educador? O exemplo de quando uma professora falta, os AEII tem que ficar com a turma cubrindo aquele horario?

    • TATYBETA quarta-feira, 1 agosto 2012, 6:56 AM às 6:56 AM

      NAO TENHA DUVIDAS,VC NAO PODE FICAR COM TURMA PARA CUBRIR A FALTA DE UM PROFESSOR.ISSO DESVIO DE FUNÇÃO OK?? ABRAÇOS

  29. Tamize quinta-feira, 9 agosto 2012, 6:31 PM às 6:31 PM

    Com toda certeza está certíssimo!!!!
    Agente Educador II em cada escola desempenha uma funcão.
    Em algumas escolas os agente nem pegam crianças, ficam junto com os porteiros.
    Em outras escolas o agente pega turma por turma a cada 30 min, sendo que tem que colocá-los para ir no banheiro, lavar as mãos, almoçar, brincar e colocar para formar.
    Sem contar que em muitos colégios é nítido a falta de profissionalismo desde a direção.
    Está muito complicado!!!!!!
    Resumindo: UM CONCURSO DE 1° GRAU DESEMPENHANDO ATRIBUIÇÕES DE 2° GRAU, SEM CONTAR NO SALÁRIO QUE NÃO COMPENSA NADÍSSIMA.

  30. Vivian Burgo quinta-feira, 23 agosto 2012, 12:45 AM às 12:45 AM

    Gostaria de saber se seremos convocados no concurso de AE de 2010 ?…minha colocação é 718 na 7cre…obrigada por apoiar a categoria…

  31. MAGGIE quarta-feira, 29 agosto 2012, 10:18 PM às 10:18 PM

    O ´pior problema do cargo de agente educador no município do Rio de Janeiro ,é sem dúvida o baixo salário. Muitos atuam em escolas de comunidades atingidas por alto nível de violência , exercendo todo tipo de função ,recebendo um salário miserável e ainda ter que fazer horário complementar de professor sem receber nenhum tipo de gratificação, sem capacitação decente, sem cursos apropiados como de primeiros socorros. Muitos conhecidos já pediram exoneração e não vejo nenhum interesse da sme de melhorar essa situação. Fico muito decepcionada pois é um cargo de suma importancia e tratado com tamanho descaso. É LAMENTÁVEL PERCEBER QUE UTILIZARAM ESTE CARGO SOMENTE PARA CALAR A MÍDIA APÓS O TRISTE OCORRIDO NA TASSO DA SILVEIRA..

  32. Lilian Fernanda quinta-feira, 4 outubro 2012, 1:19 AM às 1:19 AM

    Boa noite, Sr Messina.

    Sou agente educadora desde 19 de Janeiro de 2012, e neste pouco tempo percebo que esta função é vista com pouca significância pela SME. realizamos diariamente um trabalho complexo e cansativo junto a comunidade escolar e não vejo nenhum reconhecimento de nossa categoria, talves seja o fato de ser uma função que exigiu como escolaridade mínima somente o ensino fundamental. O nome de nosso cargo já diz muita coisa, somo agentes EDUCADORES e como tais somos responsáveis também pelo processo de educação nas escolas, mas isso não é reconhecido pela SME quando não não recebemos nenhum incentivo a cultura, quando profissionais de nossa função não usufruem das férias coletivas ou quando ficamos afônicos por chamar atenção de diversas crianças sem auxílio de um microfone durante um recreio ou em um corredor. O perfil do agente educador II mudou, acredito que sejamos maioria com ensino médio completo e que estão galgando uma outra oportunidade om melhor remuneração. Precisamos que as questões colocadas pelo senhor sejam resolvidas o mais breve possível.

  33. Clarice Regina domingo, 21 outubro 2012, 1:09 PM às 1:09 PM

    Boa tarde!
    Adorei o seu blog e suas mensagens para nós que estamos no banco de reservas deste concurso, eu fiquei na classificação de número: 2449 (não classifiquei nenhuma CRE) tendo em vista que já se chamou 100 e estamos tendo várias exonerações, tenho fé de que serei convocada.
    Abraços, Clarice Regina.

  34. joana darc v. dos santos terça-feira, 27 novembro 2012, 8:06 PM às 8:06 PM

    Boa noite.
    Sou agente educadora e gostaria de saber se existe algum movimento em relação ao vale alimentação que é descontado no recesso e nas ferias, se o recesso e as férias contam como efetivo execício porque descontar? e também existe uma jurisprudência em favor dos funcionários estaduais e os mesmos não descontam mais.Nosso salário é tão baixo que é um absurdo isso.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: