A Fábrica de Escolas do Rio

Pessoal,

A iniciativa da Fábrica de Escolas, anunciada pelo Prefeito Eduardo Paes, que irá construir cerca de 300 novas unidades ao longo dos próximos 4 anos, é um avanço importante a Educação em nossa cidade.

FabricaEscolas

Contudo, algumas observações importantes precisam ser feitas. Em primeiro lugar, ao ver a foto divulgação (acima) de como serão as novas escolas, uma preocupação salta aos olhos: QUADRAS DESCOBERTAS?!

As quadras descobertas são passivos importantes em grande parte das escolas da Rede, construídas numa época anterior à Educação Física estar incluída no currículo.

Demandas constantes da direção escolar, minha equipe tem que suar a camisa para cobrar a construção de coberturas nas unidades existentes, pois, quando faz muito sol, ou quando está chovendo, as crianças acabam não podendo utilizá-las.

Já enviei ao Prefeito Eduardo Paes e à Secretária Claudia Costin um comunicado para que o projeto das novas escolas seja revisto, para que não tenhamos problemas futuros. Já que vamos começar uma nova etapa, vamos começar logo sem essa pendência; as novas unidades já têm que vir com a cobertura nas quadras.

O leitor deve estar se perguntando o que tem a ver a construção de novas escolas com o turno único de 7 horas. Ora é simples. Hoje, a maior parte das escolas da Rede Municipal trabalha em turnos. Por exemplo, um grupo de alunos estuda de 7:30 às 12:00, e em seguida chega o outro grupo de 12:30 às 17:00. Algumas têm até o terceiro turno, como o PEJA (espécie de “supletivo”, para Educação de Jovens e Adultos). Assim sendo, se as crianças da manhã tiverem o turno ampliado para 7 horas, as salas de aula ficarão ocupadas e as da tarde não terão espaço físico para estudar.

E, como os prédios são apenas um detalhe, e o que faz a escola são os profissionais da Educação, os alunos e seus pais, é imprescindível um acompanhamento de perto sobre os remanejamentos que serão necessários para efetivar a meta de 35% da Rede em turno único. Além disso, é bom também que tenhamos a meta de elaboração definitiva do plano de cargos e salários unificado do magistério. Esse “freio de arrumação” é a oportunidade que faltava para que isso possa acontecer.

Por essa razão, é importantíssimo que novas escolas sejam construídas, e como um dos importantes focos do meu mandato é Educação, fica como prioridade acompanhar, fiscalizar e ajudar em tudo o que for possível a sua implementação.

Abraços,
Paulo Messina

22 pensamentos sobre “A Fábrica de Escolas do Rio

  1. hildeangel sexta-feira, 4 janeiro 2013, 1:31 PM às 1:31 PM

    Parabéns pelo Blog,altamente informativo,assim como envio votos de crescente sucesso para seu mandato. Maria Luiza Nobre,Diretora da ACRJ.

    • Rubens Quintella - Ex-Representante do CEC- Conselho Escola Comunidade bairro Cachambi terça-feira, 8 janeiro 2013, 5:58 PM às 5:58 PM

      Parabens Vereador.
      Anteriormentejá postei este comentário da necessidade das quadras cobertas no blog anterior e,solicito ao senhor que tambem insira nos seus projetos educacionais,os resgates dos ex-cinemas que estão fechados para que sejam transformados em Centros Culturais Populares inseridos,tambem,as escolas públicas.Temos um exemplo aqui no bairro do Cachambi,que é o processo nº 001003036/2002,que está tecnicamente aprovado na Secretaria Municipal de Cultura e diz respeito a desapropriação,resgate,restauração do ex-Cine Teatro
      Cachambi.Temos outros ex-cinemas que estão fechados e tambem poderiam ser incluidos neste projeto de inserção das escolas públicas,ou seja ex- cine Sta.Alice (Engenho Novo)Rosãrio(Ramos)Olaria,Vaz Lobo,Campo Grande,Realengo etc…O senhor tambem está convidado a participar deste projeto.É só encaminhar um e.mail para rubensquintellatucker@yahoo.com.br que terei imensa satisfação de apresentar os projetos.
      Rubens Quintella – Ex-Representante do CEC-Conselho Escola Comunidade da Escola Municipal Pastor Miranda do Bairro do Cachambi.

      Grande,Realengo

  2. Lilian Luzia sexta-feira, 4 janeiro 2013, 1:41 PM às 1:41 PM

    Muito boa observação , até mesmo o caminho até a quadra tem que ser pensado, visto q alunos incluídos algumas vezes também tem dificuldade de chegar às quadras por falta de um caminho regular , principalmente em tempos de chuva ! E quanto a enturmação , poderia enviar a portaria deste ano ? Att , Lilian Luzia

  3. Isis de Figueiredo Neves sexta-feira, 4 janeiro 2013, 4:49 PM às 4:49 PM

    O projeto me parece bem prático e funcional, pelo menos no papel. Mas também estou de acordo no que diz respeito às quadras não serem cobertas para os dias de chuva ou de sol escaldante no verão.
    Também fico me perguntando se vai haver um número de professores BEM FORMADOS E CAPACITADOS para levar avante o processo educacional dentro desses prédios….Att, Isis de Figueiredo Neves

  4. Giane Baptista sexta-feira, 4 janeiro 2013, 5:58 PM às 5:58 PM

    Vejo em meu bairro grande necessidade de quadras cobertas nas escolas públicas.É triste ter que interferir e argumentar, pois me parece óbvio que o projeto carrega um “elefante branco” como premissa. Necessitamos do quantitativo, mas ainda assim o qualitativo deve estar acima de todos os interesses.

  5. Elione Medeiros sexta-feira, 4 janeiro 2013, 9:22 PM às 9:22 PM

    Penso que algo dessa natureza deve ser estruturado com estudos prévios realizados por técnicos. Depois, vem questões que estudam o monitoramento dessas escolas, com professores, funcionários, etc. As estratégias de segurança são muito importantes também e o conforto dos alunos e equipes também devem ser pensadas. Parabéns Paulo pela iniciativa crítica sobre essa obra tão importante para a educação dos cariocas.

  6. Shirlei Mendes sábado, 5 janeiro 2013, 5:19 AM às 5:19 AM

    Penso que a fábrica de escolas do ex governador Leonel Brizola já não deu certo uma vez. Só favorece negociatas com empreiteiras. É fácil observar que as escolas menores funcionam melhor. É mais fácil de administrar e dos pais exercerem uma participação mais efetiva. Haja visto os CIEPS mau cuidados que conhecemos. Por outro lado a conservação das escolas é péssima. Não acredito que possamos educar em ambientes imundos. É preciso, talvez, empresas de limpeza, a exemplo da Saúde, mantendo o ambiente escolar em condições dignas do conforto que as crianças merecem. Desculpe este comentário não tão agradável, mas acredito que o grande problema da educação não está na construção de escolões mas no controle e capacitação dos profissionais que se propõe a trabalhar com crianças, principalmente na gerência das unidades educacionais.

  7. Jabim Nunes sábado, 5 janeiro 2013, 8:45 AM às 8:45 AM

    Bom Dia! Messina! Vejo também a necessidade de uma galeria de arte e uma biblioteca anexadas ao prédio – atendendo ,tanto a comunidade,como a própria escola. Visto que “Somos a Capital Cultural”!

  8. Maria Elisa Badô ... sábado, 5 janeiro 2013, 3:56 PM às 3:56 PM

    Acho interessante a construção de escolas para horário integral, pois estudar 4 horas é muito pouco aprendizado, além disso quero salientar a qualidade do PROFESSOR e o salário digno. Pois mostrar elefante branco é muito fácil, mas nada adiantará sem a classe profissional qualificada…. Maria Elisa …

  9. Angel S.P sábado, 5 janeiro 2013, 4:15 PM às 4:15 PM

    Obrigada!Sr.Vereador, cobranas devem sim continuar incansvelmente. Outros exemplos a serem seguido , estive em Pirapetinga_MG,minha cidade Natal, divisa com Santo Antnio de Pdua, municpio do RJ, l as escolas Municipais tem toldos do porto at a entrada do prdio. Aqu muitas escolas no tem marquizes sequer, quando chove, as crianas ficam amontoadas num canto , molhadas , at vir o responsvel peg-las. A quadra coberta tambm j bem em tempo, pois d pena v-las no sol , fazendo atividades fsicas.Obrigada por sua representao, leve nossa voz at aos ouvidos competentes. Abrao de Feliz Ano Todo!

    Date: Fri, 4 Jan 2013 14:52:47 +0000 To: leg-na2010@hotmail.com

  10. Lenita L. Souza sábado, 5 janeiro 2013, 6:41 PM às 6:41 PM

    300 novas escolas ao longo de 4 anos e as já existentes precisando de reformas ??? Construir…construir…construir… mas precisamos também reformar…reformar…reformar…
    Fica a dica…

  11. Alessandra Marques sábado, 5 janeiro 2013, 7:55 PM às 7:55 PM

    Seus questionamentos são pertinentes e concordo com eles.

  12. Sonia Augusta Pimentel Romar sábado, 5 janeiro 2013, 9:52 PM às 9:52 PM

    Acredito sempre que podemos e devemos melhorar a educação de nossas crianças, jovens ou adolescentes, porém gostaria de saber como será ocupado o tempo dos mesmos. Irão estudar em um horário, e o outro horário, como será ocupado???

  13. Maria Lúcia Fernandes sábado, 5 janeiro 2013, 10:03 PM às 10:03 PM

    O importante é fazer escolas em que os alunos estudem e pratiquem esportes. Importante também é de ter professores capacitados e que frequente mais as escolas, hoje vejo alunos voltando para casa porque a professora não foi. Espero que o Prefeito cumpra as promessas que fez na sua campanha, porque na anterior deixou muito a desejar. Prometeu fazer escolas e muitas não foram feitas. Aqui no Rio de Janeiro nada está funcionando, tanto no Governo Estadual quanto na Prefeitura. Prometer para ganhar votos e uma coisa, concretizar as promessas é outra coisa, que não vejo a muito acontecer. A Saúde vai muito mau, a Educação idem, pelo menos é o que assisto todos os dias na Televisão. Acho que somos bem grandinhos e não acreditamos mais em Papai Noel.

  14. Maria Lúcia Fernandes sábado, 5 janeiro 2013, 10:09 PM às 10:09 PM

    Prefiro que faça Escolas, que funcione, não umas Escolas enormes que não vão funcionar mesmo, como vejo muitos elefantes brancos inoperantes. Sou pela simplicidade e não pelo luxo. Quanto mais luxo, mais dinheiro vai para o ralo. O que importa é ter Escolas e Hospitais que funcionem bem. Luxo nós já sabemos o que acontece, o dinheiro desaparece no meio do caminho.

  15. Maria Lúcia Fernandes sábado, 5 janeiro 2013, 10:15 PM às 10:15 PM

    Nós queremos mais cultura, as crianças precisam de Lazer, Esporte e Estudo dignos para se fazerem homens de bens. Chega de miséria que estamos vendo por aí. Basta ir na Av. Brasil para ver como é triste. Vamos salvar as nossas crianças.

  16. Celi Rosa dos Santos domingo, 6 janeiro 2013, 7:48 PM às 7:48 PM

    Escola é importante, educação é importante. As escolas precisam de professores. Sem professores não há educação.Vamos salvar as nossas crianças!

  17. Ro Carvalho domingo, 6 janeiro 2013, 8:45 PM às 8:45 PM

    Gostaria muito que fossem lembradas as antigas Casas da Criança, que como a minha, está em pé, por ordem do divino espírito santo, da GIN e de mim que com a verba que recebemos , remenda, amarra, etc.. Possuímos um quintal enorme e poderíamos ter mais salas. Construir é muito bom, mas necessitamos de reformas, que com a verba que recebemos e com a legislação da mesma, não dá. Ano passado fiquei muito feliz ao ver o nome da minha escola na lista para ganhar um telhado novo, terminou o ano … mas 2013 começou, somos brasileiros e não desistimos nunca. Quem sabe?

  18. SOLANGE SOUZA segunda-feira, 7 janeiro 2013, 7:40 AM às 7:40 AM

    boa iniciativa, isso a vereador vamos fiscalizar.

    Date: Fri, 4 Jan 2013 14:52:57 +0000 To: souza_solima@hotmail.com

  19. Jorge Henrique Cristiano da Costa terça-feira, 15 janeiro 2013, 4:54 PM às 4:54 PM

    E a quantas andam nosso Plano de Cargos e Salários, Ilustre Vereador Messina? Peço que, como homem da Educação na Câmara dos Vereadores de Nossa Cidade, o Vª Exª abra contato com Professores da Rede e Nosso Sindicato para cobrar de nosso Prefeito e nossa autoritária secretária providências quanto a essa ausência de um Plano para a nossa categoria, fato que está defasando os proventos dos docentes que ministram aulas em nosso Município. A partir de agora, nesse novo mandato,contamos com sua valorosa ajuda!!!!

  20. Luiz Marques sexta-feira, 25 janeiro 2013, 5:42 PM às 5:42 PM

    Parabenizo ao Vereador pela observância deste detalhe. Sou ou prof. de Educação Física e valorizo muito uma quadra esportivo, pois nada mais é do que nossa sala de aula também. Certamente em dia que não podemos viabilizar nossas aulas são aqueles com bastante sol ou o chuvoso. assim seria interessante preparar as escolas com esta parte.

  21. Rubens Quintella - Ex-Representante do CEC- Conselho Escola Comunidade bairro Cachambi terça-feira, 29 janeiro 2013, 12:13 PM às 12:13 PM

    Como ex-Representante do CEC-Conselho Escola Comunidade da Escola Municipal Pastor Miranda Pinto,acho a iniciativa do atual prefeito excelente,desde que sejam dadas as necessárias condições de funcionamentos.Toda escola deve ter uma quadra coberta para que sejam desenvolvidas várias atividades.Quanto aos esportes a serem praticados,tambem faz-se necessário que os professores de educação física,tenham todo o material das respectivas aulas,se não corre-se o risco dos alunos praticarem somente o futebol,quando tambem deveriam praticar diversas mobilidades esportivas.Penso que é uma excelente iniciativa a construção de novas escolas e,cabem aos País,responsáveis e toda a comunidade escolar participar e cobrar das autoridades melhores condições de educação pública.
    O vereador Paulo Messina está de parabens,pois tenho acompanhado sua vida pública,a qual se destaca como uma das maiores prioridades sua inserção na melhoria da educação.
    Tambem sugiro que ele inicie a Campanha do Sorriso Legal nas escolas públicas.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: