Merendeiras: Sem Remanejamentos

Pessoal,

Estamos defendendo um pleito, trazido pela categoria, que se propõe a reestruturar o cargo de merendeiras no contexto das escolas e que se baseia no Plano Nacional de Alimentação Escolar, transformando-as de fato em Agentes de Alimentação Escolar. Nessa perspectiva, estamos discutindo a redefinição do papel das merendeiras, como um profissional que deverá atuar no processo de alimentação dos alunos, conforme pode ser visto no artigo de 05 de maio (link aqui).

merendeiras-faixa

A grande preocupação surgiu agora, quando um grupo de lideranças das merendeiras nos procurou porque uma nova onda de terceirizações, desta vez por uma nova empresa, chamada “Taurus”, estaria provocando remanejamento dos servidores. Isto, ainda mais neste momento de discussão do novo Projeto de Lei, seria muito ruim para as negociações e para a mobilização das merendeiras.

Ocupei a tribuna da Câmara na data de ontem, 13 de maio, para fazer esse discurso:

Foi de grande importância – e de também satisfação – ter recebido em seguida um telefonema da Secretaria Municipal de Educação com a resposta: deram a mim a garantia total de que não seriam feitos remanejamentos, e iriam reforçar a todas as CREs e escolas que de forma alguma isso acontecesse.

Ainda, firmaram o compromisso de, se alguma merendeira foi removida, que nos passem o número da matrícula e nome, pois vamos resolver. Segundo a secretaria, nunca foi a intenção substituir o concursado, mas sim prestar o atendimento às crianças nas unidades em que havia apenas o lanche emergencial. Se em alguma CRE fizeram, vai ser corrigido.

Com isso, voltei ao plenário hoje:

Ficamos também de agendar, provavelmente para semana que vem, as primeiras reuniões para discussão do novo PL (link aqui).

Agradeço a confiança da categoria em nos trazer o problema e a consideração da SME em dialogar para resolvermos.

Agora, se ainda há algum problema pontual em alguma unidade, por favor peço às lideranças que urgentemente nos passem os nomes e matrículas para juntos resolvermos.

Com diálogo e voz, vamos em direção a uma escola que cada vez mais poderá focar nas necessidades e no melhor atendimento aos alunos, que passa pelo respeito ao servidor.

Abraços,
Paulo Messina

10 pensamentos sobre “Merendeiras: Sem Remanejamentos

  1. Marcilene Monteiro. quarta-feira, 14 maio 2014, 7:57 PM às 7:57 PM

    A 3 anos atrás fui remanejada, o termo mais adequado é expulsa da UE por conta das APA,que é o mesmo que estão fazendo agora,essa questão de que a escola estava em lanche é mentira,pq a minha funciona muito bem com a equipe q tínhamos e ainda funcionava o projeto paralelo a refeição.

  2. Mariana quinta-feira, 15 maio 2014, 5:33 AM às 5:33 AM

    Na creche em que sou AEI, não tem nenhuma concursada,apenas terceirizadas, a seis anos que trabalho la e sempre foi assim . C.M.O SONHO DE RAMOM PASCUAL.

    • Mariana quinta-feira, 15 maio 2014, 5:34 AM às 5:34 AM

      Me refiro as merendeiras.

  3. Deialeal quinta-feira, 15 maio 2014, 9:09 AM às 9:09 AM

    Bom dia, Vereador !! Sou merendeira do Município e estudante de Direito e me deparei com uma dúvida a respeito de nosso PL e fiquei preocupada, que é a questão da TRANSPOSIÇÃO, que após a EC19 , foi vedada. Nosso Pl não seria então um caso de INCONSTITUCIONALIDADE?? http://www.conjur.com.br/2009-mar-06/supremo-reafirma-servidor-nao-mudar-cargo-concurso

    • Paulo Messina quinta-feira, 15 maio 2014, 11:23 AM às 11:23 AM

      Bom dia, Deia! Não é transposição, e sim reestruturação de carreiras. Não estamos criando um cargo novo e transpondo o antigo, e sim reestruturando o próprio cargo de vocês. Procure na literatura sobre ‘reestruturação de carreiras’, em especial para trazer mais eficiência e racionalização para a administração pública. E parabéns, continue estudando sempre. 🙂 Abraços.

  4. raquel gomes ferreira quinta-feira, 15 maio 2014, 5:16 PM às 5:16 PM

    Vereador,o que será feito c/ as merendeiras que não possuem o ensino médio.somente o fundamental completo ou incompleto.desde já boa tarde.

  5. Lilian Perdonati de Queiroz quinta-feira, 15 maio 2014, 5:25 PM às 5:25 PM

    Boa tarde Messina, faço parte da comissão 11a CRE, e na Ilha as terceirizadas estão chegando nas escolas grandes (geralmente em número de 5) e as merendeiras (geralmente em número de duas ou uma) estão recebendo opções de escolas próximas as suas residencias para serem remanejadas! Infelizmente não tenho como informar a princípio quais são as escolas, pois as merendeiras estão comentando com as amigas da escola onde trabalho atualmente (Sun Yat Sen), mas buscarei esta informação e depois passo para voce. Se puder verificar te agradeço. Um abraço, Lilian.

    • Paulo Messina sexta-feira, 16 maio 2014, 11:58 AM às 11:58 AM

      Lilian, é muito importante sabermos com precisão qual é a escola e o nome das meninas, pois o compromisso da secretaria é que ninguém será remanejado. Passe para nós sim! Temos que ter cuidado também com os boatos, por isso, sempre que alguém falar que está acontecendo, vamos pedir todas as informações. Abraços!

  6. Elizete Aparecida Dias da Costa quinta-feira, 15 maio 2014, 10:06 PM às 10:06 PM

    Obrigada Messina! Precisávamos de alguém como você para nos tranquilizar quanto à questão do remanejamento, que estava nos preocupando tanto. Continuaremos unidas e contamos com você para avançarmos cada vez mais, rumo a novas conquistas.

  7. Lucicleide sexta-feira, 16 maio 2014, 7:58 AM às 7:58 AM

    Parabéns deputado, são profissionais valorosas e merecem todo carinho e respeito por parte de todos

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: