Novas notícias para a Migração de 40 horas

Pessoal,

Hoje foi um dia de notícias muito boas e outras não tão boas assim para quem quer migrar para 40 horas.

Em 26 de maio de 2015, a SME informou, em Audiência Pública de diretrizes orçamentárias na Câmara Municipal, que havia acabado de publicar uma última convocação de migração e que todos os professores aptos para migrar tinham sido chamados.

Nosso trabalho pela comissão passou a ser então fazer o acompanhamento e levantamento de quem havia ficado de fora e bater os casos com os critérios, um a um.

IMG_4040

Reunião realizada hoje, 24 de julho, na SME, sobre migração para 40 horas.

E assim foi feito. Chamamos uma reunião na Câmara Municipal, no dia 07 de julho, e passamos a colher os dados e relatos daqueles que não haviam sido chamados e questionavam a decisão. Infelizmente, por estarmos no recesso da Câmara, nem todos os espaços da Casa nós pudemos utilizar e acabamos repetindo a reunião em vários horários, pois o único espaço disponível (auditório da CMRJ) era pequeno, com apenas 80 lugares. Como resultado deste trabalho, realizado até o dia 17 de julho, foram algumas centenas de processos vindos de PI, PII e de PEI.

Nos comprometemos a consolidar todos os dados colhidos nessas reuniões e fazer um encontro com a SME, na semana do dia 20 julho, para discutirmos com a secretaria em reunião caso a caso se necessário fosse. Nesse meio tempo, nós trabalhamos tabulando os dados e identificamos basicamente seis grandes casos. 1) Professores que fizeram greve; 2) Professores que tiveram licenças médicas; 3) Professores que tiveram licenças e fizeram greve; 4) Professores em condição de se aposentar; 5) Professores que já fazem DR; 6) Equipes de Direção (especificamente sobre equipes de direção, clique aqui para ver o post anterior).

Assim sendo, tivemos o encontro hoje, e já aproveito para deixar registrado o agradecimento público em especial à atenção e profissionalismo da professora Lourdinha do RH.

A primeira boa notícia é que o pessoal que fez a greve de 2013 terá seus impedimentos zerados já na próxima listagem. Ainda não há data para sair, aguardando liberação orçamentária, mas é possível que seja em agosto.

Em relação a quem teve mais de 20 dias de licença médica (no período considerado dos últimos dois), a notícia não foi tão boa, mas há um caminho. Acontece que um decreto, de Nº 38.302, determina que o prazo máximo para obtenção de licenças para estar apto à migração é de 20 dias. Por mais que a SME queira abrir casos excepcionais para os profissionais que tiveram que tirar mais que isso, por se tratar de uma legislação “superior” à possibilidade da SME de legislar (por resolução), eles não podem fazer. Resumindo, fiquei com o dever de casa de buscar negociar isso diretamente com o Prefeito para que ele possa escrever um novo decreto, deixando a brecha necessária para a SME poder decidir diretamente.

Em relação à greve de 2014, que foi considerada ilegal pela prefeitura (tendo as pessoas inclusive ficado com faltas e descontos), é um caso que ficamos de discutir na próxima reunião, por ser tratar de uma questão mais complexa, uma vez pois que, ao contrário da greve 2013, não tivemos como usar o argumento de reposição de faltas e de conteúdos, pois isso não ocorreu. Mas com a possibilidade de revisão do decreto, deixando uma brecha para a SME estudar o caso a caso, há uma saída.

Em relação às pessoas que estão em condição de se aposentar, estamos diante de outro grande dever de casa para fazer. A professora Lourdinha mostrou que gostaria muito de migrar estes professores, o problema é como fazer isso sem prejudicar a previdência e sem prejudicar os próprios servidores que dependem do Previ Rio para se aposentar. Um precedente dentro da própria secretaria depõe contra.

Em 2010, foi oferecido aos vários PII aprovados no concurso da Lei 1881/1992 o direito de migrar para 40 horas (eles tinham feito concurso para 40 horas, mas trabalhavam 22,5 h). Um ano depois, já em 2011, três professores haviam entrado com um processo de aposentadoria, apesar da Lei do cargo dizer que eles deveriam permanecer no mínimo 5 anos. Na época, com base na Lei 1881/1992, a SME indeferiu os processos. Mesmo assim, a SMA disse que a SME não poderia indeferir o pedido, porque existia a lei maior da previdência que garantia que o servidor que tivesse os requisitos não poderia ser proibido de aposentar. O resultado foi que, apesar de as pessoas terem assinado que ficariam 5 anos, elas só ficaram 1 ano e levaram para a aposentadoria, o que acabou por prejudicar toda a operação.

É claro que é injusto que, por exemplo, um professor que tenha 30 anos de rede e 15 anos de Dupla Regência não possa migrar, afinal, o profissional já está fazendo 40 horas há muito tempo. Por outro lado, não há contribuição em todos esses anos para a previdência. Como dar a segurança ao Previ Rio que essa pessoa não vai pedir aposentadoria antes de completar os cinco anos de contribuição no novo valor, como já aconteceu? É um caso complexo que temos que estudar: como, na legislação, pode existir uma forma que proteja a previdência e ao mesmo tempo dê a oportunidade de migrar a esses professores que, OK, não contribuiram para a aposentadoria, mas de fato fazem 40 horas e continuarão fazendo, então poderão contribuir nos anos futuros?

Como a reunião atrasou por conta da manifestações de táxi de hoje, e, além disso, passamos a maior parte do tempo discutindo os casos mais gerais (como os de grevistas, licenciados e o das pessoas com condição de se aposentar), não tivemos tempo hoje de entrar no caso a caso, ficha por ficha. Na próxima reunião, já marcada para dia 05 de agosto, aí sim, nós vamos começar a olhar de fato um a um. Até lá também já espero termos estudado muitas das informações que tivemos hoje.

A professora Lourdinha informou que será publicado um novo edital de inscrição para migração nas próximas semanas, o que é uma oportunidade para quem não fez em 2014. Quem está inscrito não precisará se inscrever novamente, e está na frente na fila, que não está desfeita. Também, como a Prefeitura vai inaugurar algumas escolas na Maré pela fábrica de escolas, será oferecido aos professores no banco – e aos novos que vão se inscrever – a opção de informarem se eles desejam trabalhar na região.

Entre as prioridades da próxima chamada, portanto, também estará o critério geográfico (lembrando que Lei determina o atendimento da necessidade de serviço, ou seja, do aluno). Caso não queira, o professor não precisa fazer nada, pois é importante repetir o que nos foi informado, que a inscrição atual continua valendo.

Para uma primeira reunião sobre esse grupo que ainda está na fila, os resultados e informações foram muito produtivos, com avanços reais e, no que não avançou, pelo menos há um claro horizonte para onde seguir. Muito trabalho a fazer para a próxima reunião, em 05 de agosto. Vamos postando as novidades!

Abraços,
Paulo Messina

69 pensamentos sobre “Novas notícias para a Migração de 40 horas

  1. Ilda Pêsames sábado, 25 julho 2015, 1:24 AM às 1:24 AM

    Realmente boas notícias!

    Enviado do meu iPhone

    >

  2. Ana Lucia Cordeiro Cruz Lago sábado, 25 julho 2015, 6:07 AM às 6:07 AM

    Muito boas notícias! Forte abraço!

  3. Alcimery Custódia Pereira Schott sábado, 25 julho 2015, 6:51 AM às 6:51 AM

    Bom dia, vereador Paulo Messina!
    Sou professora da rede e encontro -me no banco de espera para migrar, porém com tempo para se aposentar, mais de dez anos de DR, tirei doze dias de licença por ter feito uma cirurgia. Venho através deste, colocar -me, se possível, em evidência, porque tenho ajudado a minha escola a obter bons resultados , inclusive estamos entre as dez que vão receber moção honrosa e receberei também. Fui contemplada com um diploma por ter feito um trabalho muito bom no primeiro ano, no ano passado e os alunos foram bem na prova ANA. Por que não posso migrar? Cumprirei com o que pedirem e se Deus quiser e me der saúde, com bastante empenho para dar mais e melhores resultados. Olhe por mim, vereador e que Deus o ajude sempre porque o senhor é bom. Obrigada. Alcimery

  4. Márcia sábado, 25 julho 2015, 6:54 AM às 6:54 AM

    Sim, boas notícias!!!
    Mas reforço o olhar para com os professores de uma matrícula , que estão no período de aposentadoria , que trabalharam anos em D.R e ainda o fazem , suprindo carências da rede pública, professores que trabalham , exercendo sua cidadania, seu afeto e confiança em sua profissão , em seu fazer pedagógico e que desejam continuar sua trajetória por acreditar no que realiza.
    Espera-se , ACREDITA-SE,que esse grupo de profissionais tenha as mesmas garantias e não sejam esquecidos por quem de direito posto que fazem parte de uma GRANDE REDE PÚBLICA de ENSINO e tanto tem lutado por esta sociedade.
    Aguardemos ansiosos por melhores notícias!!!!
    Bom trabalho ao senhor e sua equipe!

  5. Ana Claudia Ribas Pegorim sábado, 25 julho 2015, 7:09 AM às 7:09 AM

    Gostaria de saber como fica o caso de quem não se enquadra em nenhum desses “impedimentos” e que também não foram chamados. Na verdade não se consegue ver um critério claro para esta chamada. Conheço um professor que foi chamado faltando 5 anos para aposentadoria . No entanto eu e uma amiga, que trabalhamos na mesma escola, sem greve, sem lucença médica, com tempo bastante para trabalhar ainda não fomos ainda chamadas.

  6. Ana sábado, 25 julho 2015, 7:18 AM às 7:18 AM

    E as equipes de direção?
    Não li direito ou nem foi tocado nesta questão?

    • Paulo Messina sábado, 25 julho 2015, 9:30 AM às 9:30 AM

      Hmmm não leu direito… 🙂 Veja que há um link para uma postagem específica de direção nesse artigo.

  7. Valquíria Tomé sábado, 25 julho 2015, 7:27 AM às 7:27 AM

    Bom dia. Na época em que houve a proposta,eu estava em licença maternidade e isso contava mais de 20 dias. Fui informada que por conta disso nem poderia me inscrever. Saberiam me informar se haverá um outro momento de inscrições??? Se posso entrar com algum tipo de recurso?

  8. Helaine Oliveira sábado, 25 julho 2015, 8:21 AM às 8:21 AM

    Alguma notícia a respeito da resolução de 30/05/2014 que impede o beneficio de redução de carga horária para fato gerador do peito anterior a entrada do funcionario da prefeitura. Li que ja havia sido feito uma reunião com a sma e estamos no aguardo da resposta.

  9. Fatima Moraes sábado, 25 julho 2015, 8:48 AM às 8:48 AM

    Eu estou nesse caso, falta da greve de 2014 e perto da aposentadoria. Faço DR a 15 anos.Mandei de volta o processo, mas ainda não tive resposta.

  10. Cristiane Fialho da Silva Cabral sábado, 25 julho 2015, 8:54 AM às 8:54 AM

    Gostaria de saber se os professores que migraram para 40h, levará esse valor para aposentadoria?! Migrei em 2013. Minha maior preocupação é essa. Sera que a minha aposentadoria seria em cima do valor que recebo?! Pois no meu ontra cheque so diz que sou PII. Obrigada pelo esclarecimento. Desde já agradeço

  11. Janaina Aguiar sábado, 25 julho 2015, 8:59 AM às 8:59 AM

    Onde posso te encontrar para conversar pessoalmente sobre isto? Estou no caso de licença de 57 dias. Fiz uma cirurgia no fim de outubro de 2014 e permaneci afastada até o fim de dezembro.
    Cirurgia 22 de outubro , meu afastamento se deu a partir esta data. E, me mantive afastada até 19 de dezembro.

  12. Veronica Adriano sábado, 25 julho 2015, 9:21 AM às 9:21 AM

    Gostaria de pontuar que a greve de 2013 foi considerada ilegal pela prefeitura, fomos descontados e até hoje temos uma liminar que a prefeitura ignora a nosso favor para a devolução do dinheiro descontado. Neste caso as aulas não foram repostas porque a Prefeitura não deixou! Agora estamos sendo punidos por causa deles! Um absurdo!!

  13. Osvaldo silva sábado, 25 julho 2015, 9:35 AM às 9:35 AM

    Muito bom! Mas e os PI das consideradas submaterias? Geografia, história, ciências. Acredito que isso poderia fazer parte da próxima reunião.

  14. Renata Moreira sábado, 25 julho 2015, 9:39 AM às 9:39 AM

    Prezados, Gostaria de pedir que houvesse uma possibilidade para quem esta lotado nas coordenadorias.
    Mesmo sabendo q estariamos retornando para as Ues.
    Apesar de ratificar que o trabalho q desenvolvemos é muito grande, e nós que somos equipe não recebemos nada.

  15. Márcia Oliveira sábado, 25 julho 2015, 9:40 AM às 9:40 AM

    Eu não tenho impedimento algum e não fui chamada! Gostaria de saber por quê! Nem sabia que poderia contestar essa “não” chamada!

  16. Alessandra Silva da costa sábado, 25 julho 2015, 9:43 AM às 9:43 AM

    Paulo Messina tenho duas matrículas como PEI você acredita que seja vantajoso a migração para 40h no meu caso. Escuto muita coisa e fico preocupada com o meu futuro.

  17. Ines Piedade da Silva Mendes Moreira sábado, 25 julho 2015, 9:48 AM às 9:48 AM

    Senhor Paulo Messina Eu sou um desses professores que quer migrar para quarenta horas, que sempre foi dupla e que completa cinquenta anos de idade e trinta de magistério em sala de aula. E que em hipotese nenhuma pretendo me aposentar até por que eu ainda estou em idade de trabalhar. O que chateia é que nada disso foi levado em consideração. Doente qualquer um fica somos humanos. Neste momento me encontro em jornada de dupla regência e Matrícula.

  18. SMaria sábado, 25 julho 2015, 9:57 AM às 9:57 AM

    Não fiz greve, não tenho função gratificada, sempre fiz DR e faltam muitos anos para a minha aposentadoria…Agora, afastamento por licença médica a gente não escolhe…necessita e pronto! Ninguém pode ser penalizado por isso…Vagas existem!!! Já recebi várias propostas de DR, mas meu horário está completo. PREFEITO, PREFEITO…É HORA DE REVER ESSE DECRETO!!!

  19. Solimar Alves sábado, 25 julho 2015, 10:00 AM às 10:00 AM

    Senhor Paulo Messina. Também me inscrevi Para migraçäo de 40 horas quando ainda era regente. Entrei Para direçäo em setembro de 2014 e ainda. Näo fui chamada. Até quando terei que esperar? Isso näo é justo! Estou pensando seriamente em said da funçäo de fg e voltar Para sala de aula para poder migrar e melhorar meus vencimentos líquidos Que säo de 3.800 reais com DAS e tudo. Como isso pode acontecer?

  20. Célia Regina Souza Viana sábado, 25 julho 2015, 10:01 AM às 10:01 AM

    Compartilho as Mensagens
    Reconhecendo
    O Trabalho da Equipe do
    NOSSO VEREADOR PAULO MESSINA
    QUE PROCURAM , MANTER- NOS
    INFORMADOS DAS VITORIA E CONQUISTAS PARA CLASSE DOCENTE
    QUE LUTAM POR UMA VIDA MAIS
    JUSTA EM TODOS OS SENTIDOS ATRIBUIDOS À NOSSA CLASSE.
    PARABENS À TODOS…
    JUS

  21. Andrea Fernandes Mata sábado, 25 julho 2015, 10:08 AM às 10:08 AM

    Estou entre duas das causas apontadas para não ser aceita para a migração. 1)grevista 2)28 anos de município, tendo feito dupla e tripla há 20 anos.
    Na minha própria escola há duas turmas sem professor de português até hoje!
    Fico esperançosa sabendo que casos como o meu estão sendo revistos.

    • Christiane Gracinda Gadelha sábado, 25 julho 2015, 11:10 AM às 11:10 AM

      Me chamo Christiane Gracinda Gadelha tenho 20 anos de município e 13 anos de DR e fiz a greve de 2013. Nestes quesitos após a leitura do artigo não há nada que me impeça de migrar uma vez que por idade só poderei me aposentar daqui há 10 anos. Sou professora na Maré neste tempo. E gostaria de ser contemplada com a migração. Muito feliz pelo avanço já ocorrido.

  22. laudicea paulo sábado, 25 julho 2015, 10:45 AM às 10:45 AM

    Rio, 27 de julho de 2015

    Bom dia, Gostaria de saber a respeito dos professores que prestaram concurso paraas 40 horas e não foram chamados. Quais as providências que eles devemtomar. Falo em nome de uma professora que prestou concurso para a 8ªCRE, está entre os 30 primeiros colocados e até hoje não foi chamada. Atenciosamente, Laudicéa Paulo

  23. Enio sábado, 25 julho 2015, 10:58 AM às 10:58 AM

    Estou apenas a 3 anos se completando, não tive faltas, falta muito para me aposentar, sou o único se matricula em minha escola, que possui 3 professores em dupla, ou seja, tudo para ser migrado. Mas não me chamaram. Porque ?

  24. Mônica Melo Ferreira da Costa sábado, 25 julho 2015, 11:00 AM às 11:00 AM

    Fiz a greve de 2013 e fui chamada para 40h, porém, não fui avisada. Quando retornei a escola foi me dado uma listagem das pessoas que tinham sido chamadas para migrar. Inclusive o meu nome estava grifado com marca texto. Desde então acompanho todas as chamadas e nunca meu nome se encontra lá. O mais engraçado que pessoas que fizeram a mesma greve já estão como 40h. Tenho 10 anos de prefeitura e desses 10 anos, sempre fiz dupla. Me sinto punida, por uma coisa que dizem ser direito do trabalhador. Minha escola me fez pagar cada minuto, hora que eu devia. Me sinto zerada com a prefeitura, mesmo assim continuo sendo penalizada. Gostaria muito que meu caso fosse revisto, pois sempre tive intenção em migrar. Me sinto penalizada.
    Agradeço desde já a boa vontade em analisar minha situação.

  25. Janice ganga de souza sábado, 25 julho 2015, 11:03 AM às 11:03 AM

    Sr .Vereador Paulo Messina, tenho 7faltas da greve 2013 ,repus conteúdos etc , todos os trâmites q Sme exigiu,entrei no município em 97,tenho mais q 5 anos P me aposentar,mha Matr:10/191010-8 ,estou confiante q irei migrar .Confiei no Vereador e o Vereador conte comigo!!!! Meu tela 30384827/982982323 OBGADA!!!!!

  26. Talita Mendes sábado, 25 julho 2015, 11:29 AM às 11:29 AM

    Que bom!Parabéns ao Paulo Messina por abraçar a nossa causa .Esperançosa!Enfim uma luz no final do túnel.
    BOAS NOTICIAS

  27. Esther Figueiredo sábado, 25 julho 2015, 11:33 AM às 11:33 AM

    Senhor vereador, louvo seu empenho e apesar do tempo de serviço ser grande tenho esperança de ver isso resolvido em breve, porque já estou no meu limite de paciência com essa Prefeitura. Mexendo em documentos antigos achei aqui um certificado de um curso de extensão para Educação Infantil ministrado pelo PUC, Fico pensando aqui se esse certificado não serviria para acelerar o nosso processo de migração, penso que para alguma coisa esse certificado deve servir. Sou professora II desde 1985 na maioria do tempo na Educação Infantil e acho mais uma vez injusto que se passar para 40h não poderei continuar na E.I., entendo que o tempo de trabalho e experiência não pode ser apagado ainda mais se tenho curso de extensão nessa área. Isso também precisa ser visto e revisto não podemos ser anuladas dentro da rede por causa de uma nomeclatura PEI, esse concurso é novo é deve ser contado a partir dos novos concursos, os que já trabalham nessa área e querem continuar não podem ser obrigados a mudar. Eu mesmo não gostaria de sair da E.I, da minha escola, perto de minha casa. Por favor gostaria que o Sr. olhasse esses casos também, vou enviar para o seu email esse certificado. Obrigado

  28. Vera Lúcia Pantaleão sábado, 25 julho 2015, 11:51 AM às 11:51 AM

    Senhor Paulo Messina,
    Meu nome é Vera Lúcia Pantaleão,professora da rede a vinte e três anos e sempre fiz dupla regência.Fiz a inscrição de migração para quarenta horas e não tenho pretendo me aposentar tão cedo,pois amo dá aula.Estude meu caso com carinho,pois contribui muito para a educação deste município.
    Irei cumprir o contrato de trabalhar mais cinco anos com muito prazer e até mais ,pois tenho muita vontade de continuar trabalhando e participando cada vez mais da nossa educação.Um abraço .

  29. Elizete Nóbrega da Silva sábado, 25 julho 2015, 11:58 AM às 11:58 AM

    Sou prof. regente em Sala de Leitura. Em 2013 fui convocada p/ migração 40h em SL na escola onde atuo c/ matrícula mas, fui excluida pq estava fazendo greve. Tenho em mãos cópia do D.O.( lista de convocados e tb lista dos excluídos).Fiz reposição e não fui chamada. É possível rever essa situação?

  30. Roselea Siles sábado, 25 julho 2015, 12:11 PM às 12:11 PM

    Parabéns Paulo Messina pelo seu trabalho, esforço e respeito demonstrado a esta categoria(professores), o que contraria a lógica qie vivemos nesses últimos rempos de desrespeito e desconsideração a nós ppr parte do governo municipal. Acaba de conquistar os meus créditos, mesmo ei não querendo mais migrar, fico na torcida peli seu sucesdo total neste caso. Ao meu ver, dariamos uma grande lição nesta secretaria fazendo o novo concurso e assumindo esse lugar das 40j com muita legitimidade. É isto que farei!

    • Paulo Messina sábado, 25 julho 2015, 7:32 PM às 7:32 PM

      Rosa, o problema de você fazer isso é zerar o seu nível (triênio não zera, mas nível pode zerar)… Vou escrever um post separado sobre isso, o que é boato e o que é verdade sobre a segurança de migrar para 40 horas.

  31. Carla lima gomes sábado, 25 julho 2015, 12:15 PM às 12:15 PM

    Sou professora do município há 2 anos, faço dupla há 18 anos, não sei o que me impede de migra para 40 hs. vez que tenho muito ainda a contribuir para educação, não será alguns anos a mais que fará diferença. Quero ter reconhecido os 18 nos que já trabalho em regime integra.

  32. patricia sábado, 25 julho 2015, 12:16 PM às 12:16 PM

    E os professores concursados? Quando serão chamados? Com todo respeito, mas parece que nos esqueceram…

  33. Carla lima gomes sábado, 25 julho 2015, 12:16 PM às 12:16 PM

    Digo 20 anos.

  34. jonathas sábado, 25 julho 2015, 12:28 PM às 12:28 PM

    fiz greve em 2013 e 2014 gostaria de saber se vou ser chamado,ou existe a chance.

  35. souza sábado, 25 julho 2015, 12:42 PM às 12:42 PM

    Onde há essa listagem de aptos e não aptos e com a ordem

  36. Maria Isabel Baliu sábado, 25 julho 2015, 1:11 PM às 1:11 PM

    E os PII 22:30 h com duas matrículas,que trabalham 45h e faltam poucos anos para se aposentar,portanto nao podem migrar.Nâo acha que nao é justo esperarmos 5 anos para sermos equiparados ?Por favor pense no nosso caso.O que está acontecendo muito sāo garotas com 2 ou 3 anos no magistério(40 h) e ganhando mais do que PII que trabalha 45h com mais de 20 anos de Prefeitura.Obrigada.

    • PATRICIA ARAUJO SILVA sábado, 25 julho 2015, 7:55 PM às 7:55 PM

      Também gostaria de saber como ficamos e se alguém acha justo este quadro de exclusão no qual nos encontramos. No meu caso, estou aguardando a idade (se é que me vão permitir chegar aos 50 e me aposentar!). Já me bastou fazer um concurso para trabalhar 25 anos em turma e poder me aposentar e mudarem as regras de repente e eu ter de ficar mais tempo, sem escolha!
      Caso haja algum artigo que fale acerca desse assunto, peço que me indique o link para que eu possa me atualizar.
      Obrigada

  37. Sandra Regina Cunha Praun sábado, 25 julho 2015, 1:12 PM às 1:12 PM

    Enviei um comentário e gostaria de saber se foi recebido pois meu telefone deu problema.O Sr.Messina recebeu?

  38. Regina viana sábado, 25 julho 2015, 1:53 PM às 1:53 PM

    Professora da rede, DR há mais de 20 anos, com tempo para aposentar, mas desejando migrar. Espero que a luta por nós continue.

  39. Lucia de Almeida Costa Leal sábado, 25 julho 2015, 2:01 PM às 2:01 PM

    Lucia de Almeida Costa Leal também fiz uma cirurgia no útero ,fiquei 45 dias de licença em 2014 e voltei a trabalhar normalmente até hoje e fiz a inscrição no prazo mesmo de licença ,meu caso também será analisado?

  40. marileia conde sábado, 25 julho 2015, 2:16 PM às 2:16 PM

    Na U.E. que fiz dupla esse ano, até a chegada dos profs, de 40 horas. Me causou mta surpresa pois chegou uma profª que já estava aposentada a algum tempo e fez a opção, e está lá trabalhando. Foi a própria profª que nos disse que era aposentada.
    Não entendi o critério!!!!!

  41. Nelson Freire da Rocha Júnior sábado, 25 julho 2015, 2:52 PM às 2:52 PM

    Caro Vereador Paulo Messina,

    Diante dos fatos discutidos em reunião, enquadro-me nos casos de greve com reposição

    de aulas (2013) e tempo de serviço para aposentadoria. Gostaria de ressaltar que tenho

    interesse em migrar para 40 horas e que já tive uma segunda matrícula (1992)

    trabalhando por cerca de 8 anos . Pedi exoneração nela por motivos particulares. Depois

    soube que todos daquele concurso foram chamados para migrar, mas já havia pedido

    exoneração. Faço DR há muitos anos. Minha Escola é 09.18.029 e minha matrícula é

    10/128241-7. Dê uma força para o amigo aqui !

  42. Jemima Celles sábado, 25 julho 2015, 2:53 PM às 2:53 PM

    Olá vereador! E o caso de 1 ano de licença por maternidade e aleitamento? Será prejudicado?

  43. Rosa sábado, 25 julho 2015, 3:01 PM às 3:01 PM

    A greve de 2014 não foi considerada ilegal. Quem faz está declaração é a prefeitura. Inclusive estamos aguardando o prefeito cumprir a liminar que diz para ser devolvido o que foi descontado, não descontar mais e encerrar os processos. A greve 2014 foi legal!

    • Paulo Messina sábado, 25 julho 2015, 7:29 PM às 7:29 PM

      Oi Rosa! Presta atenção no trecho que digo “segundo a prefeitura”. Abraços!

  44. Roberto Belgoni sábado, 25 julho 2015, 3:07 PM às 3:07 PM

    A greve de 2014 não foi declarada ilegal, temos uma decisão a nosso favor inclusive sobres os descontos.
    Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro
    Medida cautelar nº 0029945
    42.2014.8.19.0000
    Requerente: Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro
    SEPE/RJ
    Requerido: Município do Rio de Janeiro
    Relator: Desembargador Nildson Araújo da Kássia Cruz

  45. Fabiana sábado, 25 julho 2015, 3:07 PM às 3:07 PM

    Em relação ao meu processo,o senhor irá discutir tmb? Não tenho faltas e não consegui fazer a minha inscrição porque a minha posse foi parar em outras secretarias, perdendo assim o prazo p me inscrever. Td bem q será dada a oportunidade de fazer nova inscrição, mas estarei em final de fila? Seremos convocados ainda esse ano, antes das convoc. Dos novos PEIs concursados? Já fiquei lotada em unidade q ñ queria e agora adaptada, corro o risco de não estar mais lá pq praticamente tds já migraram. Me encontro em lic. Matern. Nem sei c ficará minha situação daqui p frente. Só tô tomando bomba. Nenhuma notícia boa!! O sr.poderá ver p mim c a Loudinha o meu caso? Obrigada!

  46. Sonia Maria Resende da Silva sábado, 25 julho 2015, 3:37 PM às 3:37 PM

    Sr. PAULO MESSINA. Eu me enquadro no caso de licença por mais de 20 dias, tirei uma licença de 40 dias por problemas na gestação e agora estou de licença maternidade, volto a trabalhar o ano que vem e gostaria muito de migrar. A licença de 40 dias ocorreu após a inscrição , antes não havia tirado nenhuna licença. Será que tenho chance?

  47. Luiz Edgard sábado, 25 julho 2015, 4:10 PM às 4:10 PM

    Boa tarde, vereador Paulo Messina!
    A minha esposa é Professora do município há 14 anos. Por tanto, ela NÃO entrou para a migração de 40 horas, porque há 2 anos atrás o nosso filho menor, hoje com 5 anos, sofreu uma cirurgia de extrema emergência, aonde ele teve apêndice e ficou internado há mais ou menos há 20 dias….
    Por esse motivo, a minha esposa não entrou para 40 horas…
    Peço ao senhor que, verifique se ela tem ainda possibilidade de entrar para 40 horas, e também se ela tem o direto de recorrer….
    Eu agradeço pela a sua Atenção!

  48. Cátia Rodrigues dos Santos sábado, 25 julho 2015, 4:25 PM às 4:25 PM

    Que ótima notícia!
    Já posso ter esperança!

  49. Jacqueline Reis sábado, 25 julho 2015, 4:38 PM às 4:38 PM

    Olá! Estou inscrita para a migração, mas sou professora de ensino religioso e até então, não vi nenhum professor de ensino religioso migrar… Das situações de impedimento eu só tinha a greve de 2013, que agora não é mais impedimento. Vou conseguir migrar? Obrigada. Sou da 6 cre.

  50. Maria Lucia Rodrigues Afonso sábado, 25 julho 2015, 4:49 PM às 4:49 PM

    Tenho 28 anos de município, 58 anos e 23 c DR. Quero as 40 hs mesmo q trabalhe mais 5 anos. No caso mencionado os professores tinham feito concurso p 40hs mas asumiram 22.5hs, que ao meu ver foi um erro da SME. A SMA disse q eles tinham o direito de se aposentar mesmo não cumprindo os 5 anos, mas o caso deles me parece diferente exatamente pelo edital do concurso deles à época. Além disso porque então eles não se aposentaram proporcionalmente? Não possuo todos os dados, mas gostaria de poder ajudar, fiz direito e gosto de saber o que está acontecendo, principalmente pq tenho intresse tbm. Sou professora de LE , mais especificamente Inglês. Mto obrigada. Aguardo notícias.

  51. ALINE SANT ANNA sábado, 25 julho 2015, 6:47 PM às 6:47 PM

    VEREADOR,
    O SENHOR IRÁ LEVAR MAIS CASOS PARA O OUTRO ENCONTRO?
    QUANDO CONSEGUI LIGAR PARA SEU GABINETE, JÁ ERA TARDE. ME DISSERAM QUE O SR JÁ TINHA UMA PLANILHA E NÃO HAVIA COMO ME ICNLUIREM.
    ENVIE POR EMAIL E ALGUMAS PESSOAS ESTÃO FAZENDO O MESMO. O SR TEM COMO NOS AJUDAR? FAÇO DR A MAIS DE 12 ANOS. FIZ A GREVE, SOU GENTE NORMAL QUE TIRA LICENÇA, AINDA MAIS EM 2 ANOS, SÃO CRITÉRIOS ABSURDOS!
    GRATA
    ALINE SANT ANNA

  52. Ana Maria Simões de Paiva sábado, 25 julho 2015, 7:20 PM às 7:20 PM

    É lamentável a punição para quem precisou tirar licença médica por mais de 20 dias !!! Quem colocou essa regra deve ser “largado” no mundo,não tem família, não tem sangue nas veias, não tem coração ! Jamais deixaria de cuidar da minha mãe, meu pai, marido ou filho por causa de uma regra. DOENÇA NÃO DÁ EM POSTE ! O remorso de não ter cumprido meu dever como filha, não levarei para o túmulo. Ano passado minha mãe,de 78 anos que mora comigo, precisou fazer uma grande cirurgia no quadril para colocar uma prótese. Foi feita perícia domiciliar e fiquei licenciada 3 meses cuidando dela.Perdi a dupla, perdi dinheiro, mas ganhei minha mãe com saúde, sem as dores horríveis que não a deixavam dormir. Tenho 55 anos, 13 anos de município como PII 22,5 com Classe Especial e fazendo dupla. Por causa dessa minha missão sou barrada na migração !!!!! Espero, sinceramente que revejam essa regra tão injusta. Não só por mim, mas por todos que , infelizmente, tiveram a doença como pedra no caminho. Obrigada.

  53. Marcelo Henrique Pereira Soares sábado, 25 julho 2015, 7:53 PM às 7:53 PM

    Boa noite. Fiquei confuso. Se todos já migraram, que lista ainda existe? Me inscreveu, fiz greve, tenho licenças médicas: ainda estou na lista? Pelos critérios, estou na fila ou fui excluído da fila? Obrigado.

    • Paulo Messina domingo, 26 julho 2015, 11:14 AM às 11:14 AM

      Marcelo, a diferença entre a fala da SME na audiência de maio e na reunião desta semana foi essa: a lista não foi mais extinta e vários desses impedimentos estão sendo resolvidos para publicação nas próximas chamadas.

  54. Maria de las Mercedes Carnota Duran sábado, 25 julho 2015, 8:13 PM às 8:13 PM

    A nossa aposentadoria passou para 75 anos?

  55. wanda Maria da Silva martins sábado, 25 julho 2015, 10:47 PM às 10:47 PM

    Tenho duas matriculas e venho descontando pelas duas desde 2001 e antes disso fazia dupla regência, então estou descontando para a previ desde 2001. Minha primeira matricula é de 1992. Tirei licença por causa de crise de asma contraída no trabalho, já que trabalhei muito tempo numa sala cheia de mofo e umidade e acabei pegando uma pneumonia forte e depois fiquei com asma. A minha sala quando chovia virava uma piscina. Depois tive que operar a garganta e o nariz para conseguir respirar melhor e diminuir as tais crises de asma, sendo assim até as licenças foram por causa do trabalho. Ainda em tempo, quero deixar registrado que participei do trabalho desenvolvido na EM Professora Didia Machado Fortes (7°CRE) levando a mesma , desde 2010 , a ficar entre as 5 p
    rimeiras escolas da rede, tendo ido a Nova York 4 vezes. Por isso tudo que lhe expliquei peço que veja o meu caso é interceda para que eu possa migrar para as 40 horas.
    Obrigado e fico no aguardo de uma resposta

  56. Regina sábado, 25 julho 2015, 11:00 PM às 11:00 PM

    onde podemos acompanhar essa fila? nao existe transparencia… estava de licenca maternidade, nao havia como ser chamada. Agora retotnando… como saberei? Nao devia ter concurso antes dr chamarem todos da propria rede… sou. PI quero migrar… fiz greve… nao guardei nenhum comprovante da minha inscricao. Quero participar dessas discurssoes, como faco?

  57. LÚCIA DE AZEVEDO PINTO domingo, 26 julho 2015, 1:12 AM às 1:12 AM

    Boa noite!
    Sou professora de ciência e fiz a inscrição online em 2014, para migração 40h. Participei do concurso para 40h e fiquei classificada em 15º lugar. Ocorre que, até a presente data ainda não fui convocada para a referida migração.
    No dia 15/07/2015 solicitei esclarecimento a Coordenadoria de Recursos Humanos da Secretaria de Educação da Prefeitura do Rio de Janeiro, mas ainda não obtive resposta.

  58. Vera Lucia Ramires Lopes. domingo, 26 julho 2015, 7:45 AM às 7:45 AM

    Gostaria de migrar para 40 horas. Já faço dupla regência à mais de 15 anos.

  59. Vera Lucia Ramires Lopes. domingo, 26 julho 2015, 7:47 AM às 7:47 AM

    Gostaria de migrar para 40 hs. Já faço dupla regência à mais de 18 anos.

  60. monica coelho bastos segunda-feira, 17 agosto 2015, 11:33 AM às 11:33 AM

    Caro vereador , sou professora da rede e aguardo pela migração, no entanto, nem a reunião foi feita, nem a lista saiu, o que deu abertura para vários comentários do tipo: não haverá mais lista, concursados serão chamados, etc. O senhor tem algo a declarar?

  61. Monica Martins De Albuquerque domingo, 23 agosto 2015, 1:21 PM às 1:21 PM

    Boa tarde! Sr. Vereador, na greve de 2013, eu entrei com um grupo de colegas e ficamos apenas 15 dias, voltamos e cumprimos a reposição de aula. Uma delas foi convocada na primeira listagem. Acho que não deve ser realizado novo concurso enquanto não forem esclarecidas
    todas as dúvidas.

  62. lilian36@ig.com.br sábado, 14 novembro 2015, 9:11 PM às 9:11 PM

    Olá! Peço trocar meu email da IG para lilianluzia@gmail.com

    Grata pela atenção,Lilian Luzia.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: